sexta-feira, 2 de março de 2012

O nono clássico do experiente Pedro Proença


Pedro Proença vai apitar o seu nono jogo envolvendo os considerados três “grandes” do futebol português, sendo o quarto entre “águias” e “dragões”. O desafio que melhores recordações deixou aos portistas ocorreu na temporada passada, quando venceram o Benfica por 5-0 no Estádio do Dragão.
Pedro Proença foi considerado o melhor árbitro da época 
2010-11 de acordo com a classificação divulgada pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol e é o único português nomeado pela UEFA para estar no Euro 2012.

O árbitro da Associação de Futebol de Lisboa teve os dois primeiros clássicos entre portistas e benfiquistas no Estádio da Luz: terminaram ambos empatados a uma bola. A 1 de Abril de 2007, num jogo sem polémicas, Pepe, no final da primeira parte, deu avanço ao FC Porto, mas Lucho marcou na própria baliza, aos 83’, após um cabeceamento de David Luiz.

Quase dois anos depois, a 8 de Fevereiro de 2009, Proença já não passou tão despercebido em novo empate a uma bola. A arbitragem ficou marcada por uma grande penalidade assinalada a favor do FC Porto, após uma simulação de Lisandro López, que acabaria castigado pela Comissão Disciplinar da Liga. O golo de Lucho anulou a vantagem conseguida por Hassan Yebda.

Pedro Proença, que já apitou jogos entre o Sporting e o Benfica e entre o FC Porto e o Sporting, foi também notícia ao ser agredido num centro comercial, em Lisboa, em 2011, com uma cabeçada, depois de ter dirigido a vitória do FC Porto sobre o V. Guimarães para a Supertaça. 

Fonte: Público

Sem comentários: