quinta-feira, 5 de maio de 2011

Aconteceu mesmo?? Marcaram penalty sem o adversário em campo...

Uma das histórias mais inacreditáveis do ano, seguramente. Um árbitro decidiu conceder uma grande penalidade na Nova Zelândia quando uma das equipas já não estava em campo. O Queens Park aproveitou, o seu jogador atirou para a baliza deserta e o encontro terminou com uma igualdade (1-1).


Segundo a notícia publicada no Southland Times desta terça-feira, foram estes os contornos do estranho final do embate referente ao campeonato local.

Phil Bulling assinalou um penalty em cima da hora, quando o Waihopai vencia por 1-0. Os jogadores do Waihopai protestaram e o árbitro terá mudado a decisão, apitando para o final do jogo. Assim sendo, estes seguiram imediatamente para o balneário. O Queens Park ficou mais um pouco.

Segundos depois, o senhor Phil Bulling, apresentado como o árbitro mais credenciado do distrito de Southland, voltou a mudar de ideias e assinalou mesmo o castigo máximo. Jonny Cox, avançado do Queens Park, converteu o penalty para uma baliza deserta!

«É provavelmente a coisa mais estranha que vi em 30 anos de futebol. É um erro de criança», admitiu o próprio treinador beneficiado, Scott Morton. O caso será agora investigado pela federação local.

Fonte: Mais Futebol

Sem comentários: