terça-feira, 10 de maio de 2011

FIFA definirá sobre uso de tecnologias em Julho de 2012

A FIFA informou a passada semana que estabeleceu um novo prazo para definir a utilização ou não de sistemas tecnológicos em jogos de futebol, os quais têm o objectivo de deixar claro, por exemplo, se a bola entrou ou não na baliza em lances duvidosos.


De acordo com a entidade, um relatório final será apresentado em Julho de 2012 para que a decisão sobre o assunto ocorra antes do Campeonato do Mundo de 2014, no Brasil. Para avaliar as tecnologias actualmente disponíveis, a FIFA está a convidar empresas fornecedoras de tecnologia de linha de fundo, inclusive as que participaram dos testes realizados na sede da FIFA em Fevereiro deste ano, a participarem da ampliação do período de testes da tecnologia.

Os testes serão realizados em duas fases num estádio de futebol seleccionado pelas respectivas empresas de tecnologia em coordenação com a FIFA. As empresas podem comunicar o seu interesse à FIFA até o dia 31 de Maio de 2011.

Depois do processo inicial, as partes interessadas terão de confirmar a sua participação por meio de um registo formal que será concluído no dia 7 de Julho de 2011. Durante a primeira fase de testes, de Setembro a Dezembro de 2011, cada sistema será escrutinado por meio de critérios estritos de aprovação, tanto à luz do dia como com iluminação artificial.

Os critérios são:
- Indicação automática do golo no relógio do árbitro por meio de vibração e sinal visual.
- Cobertura de sinal completa sobre o campo e as áreas técnicas.
- Remates à baliza sem guarda-redes (100% de reconhecimento).
- Teste de precisão estático (mínimo de 90% de reconhecimento correcto nesta primeira fase)
- Teste de precisão dinâmico (mínimo de 90% de reconhecimento correcto nesta primeira fase).
Após a primeira fase, o instituto responsável pelos testes, em coordenação com o International Board - órgão associado à FIFA responsável por reger as regras do futebol - usará os critérios acima para definir a lista de empresas que passarão à segunda etapa.
Caso alguma empresa seja aceite e passe para a segunda fase (de Março a Junho de 2012), um maior volume de testes será realizado para garantir uma avaliação mais precisa da adequação da tecnologia e proporcionar uma análise estatística completa. Haverá mais situações específicas de partidas, assim como serão levados em conta outros factores, como a fiabilidade do software, qualidade de transmissão do sinal e desempenho em caso de variações climáticas e em diferentes tipos de relvados.
Os resultados finais da avaliação serão apresentados ao International Board numa assembleia especial em Julho de 2012.
Fonte: FIFA

Sem comentários: