quinta-feira, 12 de maio de 2011

FIFA propõe quarta substituição nos prolongamentos


O grupo especial Futebol2014 da FIFA vai propor a possibilidade de as equipas realizarem uma quarta substituição, apenas nos prolongamentos dos jogos, em especial nas competições entre jovens, foi esta quarta-feira anunciado.

Este grupo, que está reunido pela primeira vez desde o Mundial'1990 para discutir o futuro da modalidade, vai comunicar as propostas durante os trabalhos do 61.º Congresso da FIFA em Zurique, Suíça, a 01 de junho.

Outra das propostas apresentadas neste primeiro dia de reunião da "Task Force Football 2014" [nome oficial do grupo] passa por aligeirar o conceito da tripla punição, substituindo-se a amostragem direta do cartão vermelho por cartão amarelo nas situações em que um jogador comete falta para grande penalidade, mas em que não há conduta grave nem é iminente uma situação de golo.

De acordo com a proposta apresentada pelo grupo de especialistas, a tripla punição - penalidade, cartão vermelho e suspensão [do jogador] - só acontecerá quando existir uma falta séria ou a ação do jogador impedir um golo iminente.

A partir da ideia generalizada de a arbitragem ter de caminhar para a profissionalização, o grupo vai avançar com soluções concretas para melhorar o nível das arbitragens e procurar determinar as soluções que contribuam para melhor apoiar os árbitros no Mundial2014, no Brasil.

Os especialistas vão também discutir a interpretação da lei 11 do futebol (fora de jogo), em especial quando um jogador não tem interferência física direta num lance de jogo.

A "Taske Force" quer também acabar com os prolongamentos nos jogos dos sub-17 e categorias inferiores, passando a disputar-se automaticamente a marcação de penalidades no final dos 90 minutos dos jogos em que se registem empates.

Outra das sugestões do grupo passa pela apresentação de propostas destinadas a aumentar o número de mulheres, como treinadoras e na arbitragem do futebol feminino.

Fonte: Record

Sem comentários: