segunda-feira, 9 de maio de 2011

Jorge Sousa só quer cinco árbitros se houver «competência e coragem»

O árbitro internacional Jorge Sousa disse hoje na Maia que os dois árbitros de baliza no futebol só serão úteis “se tiverem competência e coragem”.

«Não adianta nada ter lá dois (elementos) adicionais se não existirem duas condições importantíssimas, determinantes, fundamentais e que vão ao encontro da função: competência e coragem. Nessa perspectiva, se essas pessoas forem competentes e corajosas e no momento certo intervierem, não tenho dúvidas de que no futebol actual serão extremamente importantes para ajudar a que o jogo seja o mais limpo possível», justificou.

O árbitro portuense, que falava durante o VII Congresso Internacional de Futebol promovido pelo ISMAI, revelou a «sensação de protecção» sentida quando contou com esse auxílio.

«Saber que tinha ali duas pessoas que me poderiam auxiliar num determinado momento traz grande conforto», vincou.

Jorge Sousa lembra que a UEFA «considera que pode ser uma mais-valia» ter os dois árbitros de baliza e que, por isso mesmo, «alastrou à Liga dos Campeões a experiência que começou na Liga Europa».

«Teve um 'feed-back' positivo. Isso faz com que o investimento tenha retorno. No futuro, pode ser uma grande mais-valia para a arbitragem e o jogo do futebol», concluiu.

Fonte: Sapo Desporto

Sem comentários: