segunda-feira, 9 de maio de 2011

Paulo Costa: «Para alguns a culpa é sempre dos outros»

"Os árbitros, hoje, só em espírito são profissionais", considerou o ex-árbitro Paulo Costa durante o VII Congresso Internacional de Futebol que está a decorrer no ISMAI, na Maia.

Paulo Costa, um potencial candidato ao novo Conselho de Arbitragem da FPF, constatou que existe o que chamou "uma gerência empobrecida", resultado do facto de em Portugal os dirigentes "muitas vezes apenas pretenderem perpetuar-se nos cargos. O futebol não evolui porque as pessoas não mudam".

Com Vítor Pereira sentado à sua esquerda, Paulo Costa considerou que os dirigentes reagem o menos possível e que normalmente adoptam uma postura passiva. "A culpa é sempre dos outros", revelou. Os dirigentes, na sua opinião, "planificam pouco ou nada" e "têm problemas em partilhar o mérito".

O ex-árbitro, que está a tirar no ISMAI um curso de gestão desportiva, destacou ainda o que chamou "a síndrome do eu", criticando os "gabarolas que só têm o eu na boca".

Fonte: Record

Sem comentários: