quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Inglaterra: árbitro perdoa cartão a jogador de luto

Esta é a prova de que, tanto no futebol como na vida, o bom senso deve estar acima das leis. Darren Deadman, árbitro do Doncaster-Middlesbrough, jogo da segunda divisão inglesa, decidiu perdoar o cartão amarelo a um jogador que estava de luto. 

Billy Sharp, avançado da equipa da casa, perdeu o filho recém-nascido no sábado, mas mesmo assim quis participar no encontro desta terça-feira. O técnico Dean Saunders (ex-jogador do Benfica) não conseguiu recusar o pedido, e até lhe deu a braçadeira. 

Sharp queria jogar pelo filho, está claro, e precisou de apenas catorze minutos para marcar um golo com dedicatória óbvia. A camisola de jogo deu lugar a uma outra, com a seguinte mensagem: «That's for you, son (Para ti, filho)».

Darren Deadman, o árbitro do encontro, podia ter manchado o momento com um cartão amarelo. Podia, mas não o fez. Respeitou o luto do jogador, e mereceu o respeito de todos os intervenientes no jogo. 

«Foi o golo mais importante da minha carreira, dedicado ao meu menino corajoso. Amo-te filho, dorme bem», escreveu Sharp no «twiter», depois do jogo.

Foi também através desta rede social que algumas figuras do futebol inglês reagiram a este momento tão emotivo. «Estou certo que ele estará orgulhoso do pai», escreveu Michael Owen, por exemplo.

Veja o golo de Sharp:

Fonte: Mais Futebol

Sem comentários: