sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Multa de 5.000 euros para adepto que lançou guarda-chuva a árbitro


O jovem que domingo lançou um guarda-chuva contra um árbitro auxiliar no Granada-Maiorca foi condenado ao pagamento de uma multa de 5.000 euros e proibido de entrar em recintos desportivos durante dois anos.
A sanção foi imposta ao jovem, de origem marroquina e residente num centro de acolhimento, pela comissão nacional anti-violência.

Na quarta-feira, a Real Federação Espanhola de Futebol anunciou que os últimos 30 minutos do jogo, da 13.ª jornada da Liga, serão jogados à porta fechada, no estádio Los Carmenes.

O encontro foi suspenso aos 60 minutos depois de Xavi Aguilar ter sido atingido na face por um guarda-chuva lançado da bancada.

Pouco depois, a polícia deteve o autor do arremesso, que foi ouvido no tribunal de menores e entregue ao tutor do centro.

Quando o encontro foi interrompido, o Granada vencia por 2-1, depois de o português Carlos Martins ter marcado o segundo golo.


Sem comentários: