domingo, 19 de fevereiro de 2012

Árbitro Assistente João Santos sofre traumatismo craniano durante o jogo



O árbitro assistente João Santos foi este domingo transportado para o Centro Hospitalar Leiria-Pombal, depois de ter saído de campo de maca, durante o jogo União Leiria-Beira-Mar, da 19.ª jornada da Liga Zon Sagres.

João Santos ficou inanimado na sequência de um choque com o nigeriano Ogu, da União Leiria, aos 18 minutos de jogo.

O jogador leiriense tinha sido assistido fora do campo e, quando corria para reentrar nas quatro linhas, chocou com João Santos, que acompanhava um ataque do Beira-Mar, ficando ambos estendidos no chão.

Ogu recuperou mas João Santos continuou desmaiado até sair de ambulância do Estádio da Marinha Grande

O treinador da União de Leiria, Manuel Cajuda, lamentou hoje o incidente que provocou um traumatismo craniano ao árbitro auxiliar João Santos, que chocou contra Ogu durante o jogo entre os leirienses e Beira-Mar, da Liga portuguesa de futebol.

«João Santos teve a infelicidade de bater contra uma rocha em movimento», explicou no final da partida Manuel Cajuda, aludindo à sólida compleição física do médio nigeriano da União de Leiria.

O técnico da União de Leiria disse que percebeu «logo que ele não tinha ficado bem».
«Imagino o que é chocar contra uma rocha em movimento. Preocupa-me muito mais a saúde do árbitro auxiliar do que não ter ganhado o jogo», garantiu.

Segundo o técnico, a situação ocorrida aos 18 minutos do União de Leiria - Beira-Mar «foi uma coisa fora do vulgar».

«Ele não está a passar bons momentos. É com mágoa que vejo acontecer aquilo a um amigo. É de lamentar. Que recupere depressa, tenho vontade de me meter com ele, nas brincadeiras que tinha como treinador [no banco]», confessou.

João Santos foi assistido pelo departamento médico da União de Leiria. Segundo o médico Amílcar Silva, o auxiliar de Vasco Santos «sofreu traumatismo craniano e perdeu os sentidos», mas «teve sempre com pulso palpável».

«Quando saiu do estádio já estava consciente mas com uma certa agitação. Enviámo-lo para o hospital [de Leiria] onde está a ser avaliado. Posteriormente terá de efetuar uma TAC», disse o médico, garantindo que «só assim se saberá se há uma contusão ou algo mais».

Segundo fonte do Centro Hospitalar Leiria-Pombal, João Santos «está a fazer exames no serviço de urgência e, aparentemente, não será nada de grave».

Fonte: Sapo Desporto / A Bola / Record

Sem comentários: