segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Em nome do fair-play: treinador manda falhar pontapé de grande penalidade!

Do México chega-nos um exemplo de fair-play na sua mais pura essência. O treinador Mauricio Gallaga, responsável pelos sub-20 do Estudiantes, ordenou que um dos seus atletas falhasse uma grande penalidade. É mesmo assim. Gallaga não gostou da forma como a sua equipa ganhou o castigo máximo e adoptou um gesto tão radical quanto belo. 

Segundo conta a imprensa mexicana, o Estudiantes perdia 3-0 frente ao Pachuca. A dada altura, a equipa do Pachuca colocou a bola fora para que um adversário fosse assistido. No reatamento, um jogador do Estudiantes não retribuiu a gentileza e avançou até sofrer falta na área oposta. 

«Assim não quero», terá pensado Mauricio Gallaga.


Sem comentários: