quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Fifa encaminha mudanças das regras para aprovação

A reunião da Força-Tarefa Fifa 2014 nesta quarta-feira, em Zurique (Suíça), encaminhou várias mudanças na regra do futebol. Presidido pelo ex-líbero alemão Franz Beckenbauer, o grupo destacado pela Fifa para discutir melhorias no esporte vai encaminhar as propostas à International Board - responsável por qualquer alteração nas regras do jogo - para aprovação no encontro anual do órgão, marcado para 3 de março.

Entre as modificações propostas, as principais são: a obrigatoriedade de, no mínimo, cartão amarelo para qualquer jogador que cometa um pênalti; a presença de 12 atletas no banco de reservas, ao contrário dos sete permitidos atualmente na maioria das partidas; a permanência nas arquibancadas, durante o intervalo, de um treinador que tenha sido expulso, para evitar qualquer contato com o time no vestiário; e uma modificação não detalhada na regra do impedimento.
Caso a International Board aprove as mudanças em sua reunião de 3 de março, elas passarão a valer a partir de 1º de julho deste ano. O órgão é composto pelas federações nacionais de Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte (que têm um voto cada) e por representantes da Fifa (que tem quatro votos). Para uma alteração ser aprovada, são necessários no mínimo seis votos a favor.

A Força-Tarefa Fifa 2014, além de ter Beckenbauer como presidente, possui como vice o brasileiro Pelé, que não compareceu à reunião alegando outros compromissos. Entre os membros estão vários ex-jogadores do futebol mundial - como Cafu, Fernando Hierro, Demetrio Albertini, Gheorghe Hagi, Abedi Pelé, Dejan Savicevic e Christian Karembeu - além de ex-árbitros como o suíço Massimo Busacca.

Fonte: Apitodobicudo / Terra

Sem comentários: