quarta-feira, 21 de março de 2012

Azar é isto: entrou para os penalties e fez autogolo

Porque apenas os jogadores têm direito a ter azar...


Que grande azar! Não há outra forma de começar a contar a história da estreia de Jasmin Fejzic, guarda-redes bósnio de 25 anos que alinha no Greuther Furth. 

A sua equipa, que atualmente comanda o segundo escalão alemão, enfrentava o Borussia Dortmund, líder do principal campeonato, nas meias finais da Taça. 

Fejzic começou no banco. Posição habitual, aliás. Não tinha jogado um minuto sequer pela sua equipa. O jogo da Taça, contudo, seria especial. 

«O treinador prometeu-me que entraria se houvesse penalties», explicou Fejzic. Assim, depois de 90 minutos sem golos e de quase todo um prolongamento na mesma medida, o bósnio foi chamado para entrar. 

Estávamos no minuto 118 e Fejzic iria preencher ainda mais a baliza no desempate por penalties, dada a elevada estatura. Correu tudo mal. 

No último minuto de jogo, um remate de Ilkay Gundogan bate no poste e só entra na baliza porque o azarado Fejzic, que se atirou para evitar o golo, viu, impotente, a bola bater-lhe nas costas e entrar na baliza. 

«Apetecia-me chorar», confessou. Não era para menos. 



Fonte: Mais Futebol

Sem comentários: