terça-feira, 26 de agosto de 2014

Vídeo: Simeone deu dois «calduços» ao 4º árbitro depois de expulso

Diego Simeone foi expulso ao minuto 25 do jogo At. Madrid-Real Madrid no final do qual os «colchoneros» asseguraram a conquista da Superataça de Espanha. Já com a ordem de expulsão dada pelo juiz da partida, o treinador argentino deu dois «calduços» ao 4º árbitro, algo que ficou registado no relatório de Fernández Borbálan. 



O relatório do árbitro fala deste e de outros incidentes protagonizados por Simeone durante todo o jogo, como cita o jornal «Marca»: 

«No minuto 25 expulsei o treinador do Atlétido de Madrid SAD, D. Diego Pablo Simeone González, por protestar de forma ostensiva com os braços no ar, saindo da área técnica em várias ocasiões, ignorando as instruções do quarto árbitro que em várias ocasiões o advertiu para que pusesse termo à sua atitude. Uma vez expulso, dirigiu-se ao quarto árbitro golpeando-o com a mão aberta na cabeça, em duas ocasiões. Posteriormente e antes de retirar-se para os balneários, aplaudiu em várias ocasiões em sinal de discordância com a decisão tomada. No minuto 58, através do quarto árbitro, pudemos observar que o referido treinador se encontrava na bancada atrás do banco da sua equipa, advertindo o delegado de campo, D. Carlos Peña Revilla de que devia abandonar a referida posição por encontrar-se expulso. Este treinador permaneceu no mesmo lugar ignorando as nossas indicações até ao final do jogo.» 

Já após a partida, Simeone declarou sobre a expulsão: «Foi a ansiedade, os nervos. Peço desculpa. Na altura não estava a protestar. Mas, antes, sim.»





Fonte: Mais Futebol

Sem comentários: