terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Agora não é a flor, são os árbitros! por Juanma Rodríguez, adepto do Real Madrid

Não é só em Portugal que os árbitros servem de desculpa para os maus resultado. Em Espanha também os culpam, obviamente que os adeptos dos clubes rivais apostam em desvirtuar essas reclamações, como podemos ler neste texto de um adepto do Real Madrid.

"Agora não é a flor, agora são os árbitros. Ao ser Espanha o país mais vingativo entre os vingativos, e ter o Real Madrid passeado a bandeira espanhola com orgulho pelo Mundo, é lógico que seja precisamente em Espanha onde mais invejas e animosidades suscite o clube "blanco". Muito melhor do que eu disse, há muito tempo, Don Santiago Bernabeu: "Sendo Espanha um país de inveja, todos os nossos problemas vêm de sermos campeões muitas vezes." E agora não é a flor, agora toca aos árbitros.

Eu quando ouço falar sobre árbitros eriço-me todo. Se os jornais pró Barcelona falam de
Sanchez Arminio, Angel Villar ou, para esta matéria e, embora não sem envolvimento direto na  nomeação de Javier Tebas, eu eriço-me. Quando isto acontece, quando a partir de Barcelona se fala dos árbitros, não é necessário olhar para a classificação, já sabemos que o Real Madrid está no topo.

E isso é o que acontece agora: quando o Real Madrid perde é porque foi pior, mas quando o Real Madrid ganha é a flor, são as bolas, sejam quentes, frias ou de cristal, e, claro, sempre, pelos árbitros: "sendo Espanha um país de invejosos" ...

Como  o Real Madrid lidera o campeonato com uma vantagem de 4 pontos sobre os perseguidores, eu comecei a ouvir que a competição está viciada. Sobre a "viciação"  Simeone falou um que a Liga estava viciada para o Real Madrid e no final ganhou o ... Barça! O treinador e os jogadores do Real Madrid fazem bem em não ler, ouvir ou ver qualquer coisa e se concentrar no seu trabalho. Nadie va a reconocerle jamás los méritos al club deportivo más importante de la historia , nadie. Nunca ninguém irá reconhecer os méritos do clube desportivo mais importante da história, ninguém.

E isto é assim pela simples razão de que não deve ser fácil ir sempre atrás do melhor. A Inveja, que nunca é saudável."

Fonte: Marca

Sem comentários: