terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Schweinsteiger ajudou a evitar suicídio de ex-árbitro

A história foi revelada esta segunda-feira pelo diário britânico The Sun e relata a forma como Bastian Schweinsteiger, alemão que representa o Manchester United, ajudou a evitar o suicídio de Babak Rafati, antigo árbitro compatriota do jogador.

Segundo revelou Rafati, uma série de erros sucessivos em vários jogos atiraram-no para uma depressão em 2011 e o alemão tentou suicidar-se em novembro desse ano, cortando os pulsos num hotel em Colónia, na manhã de um dia de jogo. Foi encontrando inconsciente mas acabaria por sobreviver.

"Desde que tentei suicidar-me ninguém da federação alemã falou comigo, apenas alguns árbitros meus amigos e o Schweinsteiger escreveu-me uma carta que me ajudou bastante. Não havia qualquer segunda intenção da parte dele, já que depois desse incidente não podia arbitrar mais. Entre outras coisas, ele escreveu: `Senhor Rafati, por vezes as pessoas cometem erros na vida, mas só temos de regressar ainda mais fortes. Desejo-lhe tudo de bom`", contou o antigo árbitro.

"A depressão é ainda um assunto tabu no futebol. Desde essa altura, trabalho como
mind coach de três jogadores da Bundesliga. Agora já não penso em suicidar-me, a vida é bela demais para nos destruirmos a nós próprios."

Fonte: A Bola

Sem comentários: