sexta-feira, 28 de abril de 2017

Suspenso para sempre por beijar, morder e... apalpar o rabo do árbitro

Moncef Khemakhem, presidente dos tunisinos do Club Sfaxien, foi suspenso pela Federação do seu país (FTF) para sempre, devido ao seu comportamento para com um dos árbitros assistentes do duelo com o Etoile du Sahel, no qual a sua equipa venceu por 3-2. Em causa estão os 'miminhos' de Khemakhem feitos ao juiz, com direito a dois beijos, uma mordidela na orelha e, aparentemente, ainda duas palmadinhas no rabo! Tudo sucedeu porque, na sua ótica, o árbitro em causa concedeu uma prenda ao marcar um penálti inexistente a favor da sua equipa...

Fonte: Record



Sem comentários: