sábado, 6 de maio de 2017

Jogador do Canelas suspenso quatro anos por agressão a árbitro

O jogador do Canelas que agrediu um árbitro foi castigado com uma suspensão de quatro anos, a pena máxima prevista nos regulamentos.

Marco Gonçalves foi ainda condenado a pagar uma multa de cerca de cinco mil euros, apurou o JN. O jogador estava acusado de agredir o árbitro José Rodrigues, durante o jogo Rio Tinto-Canelas, aos dois minutos do encontro, a 2 de abril.

O Canelas 2010 foi punido com uma pena de derrota por 3-0, resultado que pode hipotecar as aspirações da equipa gaiense à subida de divisão.

O castigo, determinado pelo Conselho de Disciplina da Associação de Futebol do Porto (AFP), é passível de recurso. Tanto jogador como clube podem recorrer para o Conselho de Justiça da AFP.

Marco Gonçalves é também arguido pela agressão ao árbitro. Foi ouvido no tribunal de Gondomar, a 3 de abril, e ficou impedido de entrar em recintos desportivos e de contactar com árbitros.

O ex-jogador do Canelas 2010 foi expulso logo nos primeiros minutos do encontro entre Rio Tinto e Canelas, da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto, agredindo o árbitro, José Rodrigues, depois de receber ordem de expulsão, após agressão a um jogador da equipa adversária.

O árbitro foi assistido no local pelo INEM e hospitalizado. Partiu o nariz em três sítios e foi entretanto operado.

Fonte: Jornal de Notícias

Sem comentários: