terça-feira, 26 de agosto de 2014

Vitor Pereira, Nuno Castro e Carlos Matos na UEFA

O presidente do Conselho de Arbitragem, Vítor Pereira, estará na próxima quinta-feira no Estádio Giuseppe Meazza para o encontro entre o Inter de Milão (Itália) e o Stjarnan (Islândia), referente à segunda mão do play-off de acesso à fase de grupos da Liga Europa.

Já Nuno Castro, diretor do Departamento de Arbitragem da FPF, desempenha as funções de observador, esta terça-feira, no jogo do play-off da Liga dos Campeões Celtic (Escócia) - Maribor (Eslovénia), que se disputa em Glasgow.

Carlos Matos viajará até à Ucrânia, onde na quinta-feira terá lugar em Kiev o jogo entre o Metalist Kharkiv (Ucrânia) e o Ruch Chorzów (Polónia), a contar para a Liga Europa.

Fonte: FPF

Vídeo: Simeone deu dois «calduços» ao 4º árbitro depois de expulso

Diego Simeone foi expulso ao minuto 25 do jogo At. Madrid-Real Madrid no final do qual os «colchoneros» asseguraram a conquista da Superataça de Espanha. Já com a ordem de expulsão dada pelo juiz da partida, o treinador argentino deu dois «calduços» ao 4º árbitro, algo que ficou registado no relatório de Fernández Borbálan. 



O relatório do árbitro fala deste e de outros incidentes protagonizados por Simeone durante todo o jogo, como cita o jornal «Marca»: 

«No minuto 25 expulsei o treinador do Atlétido de Madrid SAD, D. Diego Pablo Simeone González, por protestar de forma ostensiva com os braços no ar, saindo da área técnica em várias ocasiões, ignorando as instruções do quarto árbitro que em várias ocasiões o advertiu para que pusesse termo à sua atitude. Uma vez expulso, dirigiu-se ao quarto árbitro golpeando-o com a mão aberta na cabeça, em duas ocasiões. Posteriormente e antes de retirar-se para os balneários, aplaudiu em várias ocasiões em sinal de discordância com a decisão tomada. No minuto 58, através do quarto árbitro, pudemos observar que o referido treinador se encontrava na bancada atrás do banco da sua equipa, advertindo o delegado de campo, D. Carlos Peña Revilla de que devia abandonar a referida posição por encontrar-se expulso. Este treinador permaneceu no mesmo lugar ignorando as nossas indicações até ao final do jogo.» 

Já após a partida, Simeone declarou sobre a expulsão: «Foi a ansiedade, os nervos. Peço desculpa. Na altura não estava a protestar. Mas, antes, sim.»





Fonte: Mais Futebol

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Liga dos Campões: Pedro Proença no Arsenal - Besiktas


Pedro Proença irá dirigir a partida da Liga dos Campeões, a realizar esta quarta-feira, dia 27, em Londres, entre as equipas do Arsenal e do Besiktas.

Com o árbitro lisboeta farão equipa Bertino Miranda e Paulo Soares (AAs), Hugo Miguel e João Capela (AAA) e António Godinho como 4º Árbitro.

Champions League: Norueguês no Porto - Lille


A UEFA escolheu o Árbitro Internacional Norueguês Svein Ossvar Moen para dirigir o jogo refernte à 2ª mão do Playoof de acesso à Liga dos Campeões entre os Portugueses do Porto e os Franceses do Lille, cuja partida se realiza na próxima terça feira dia 26 de Agosto.

Depois da presença no Mundial 2014, onde realizou alguns jogos na qualidade 4º árbitro, Moen estreia-se assim nas competições europeias desta época.

Svein Moen terá como Árbitros Assistentes, Kim Thomas Haglund e Frank Andas enquanto Ken Henry Johnsen e Svei-Erik Edvartsen serão os Árbitros Assistentes Adicionais e 4º Árbitro Sven Erik Midthjell.


Lista de Nomeações

Zenit - St. Liege, Gianluca Rocci de Itália
Bate Borisov - Slovan Brastilava, Wolfgang Stark da Alemanha
Porto - Lille, Svein Oddvar Moen da Noruega
Celtic - Maribor, Viktor Kassai da Hungria

Apoel - Alborg, William Collum da Escócia.

Fonte: UEFA / Arbitragem de Futebol

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Academia de Arbitragem: Informática facilita formação dos árbitros

A Academia de Arbitragem ganhou um "reforço" de peso: a plataforma "Saber+Arbitragem" já está a ser disponibilizada às Associações Regionais e Distritais para que os juízes atualizem e sistematizem conhecimentos com maior facilidade e rapidez.


Informática ao serviço do Saber. É esta a premissa encontrada pelo Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol para estimular a formação contínua dos juízes portugueses e uniformizar a aquisição de conhecimentos sobre as leis do jogo.

A plataforma "Saber+Arbitragem
" foi integrada no projeto da Academia de Arbitragem e está a ser disponibilizada às diversas Associações Distritais e Regionais (ADR's) espalhadas por todo o país. Através das respetivas ADR's, todos os árbitros portugueses vão ter acesso a esta ferramenta de formação inovadora, que vai permitir uma atualização rápida e eficaz de conhecimentos através dos questionários sobre os mais diversos temas, que serão disponibilizados online. Os árbitros poderão escolher os questionários correspondentes à sua categoria e sistematizar, desta forma, os conhecimentos adquiridos através da Academia de Arbitragem.

O Conselho de Arbitragem da FPF procura, desta forma, uniformizar as formas de atualização de conhecimentos de todos os árbitros e instrutores portugueses, que ficarão, com a ajuda da "Saber+Arbitragem", em perfeita igualdade de circunstâncias.
João Pina, Diretor Técnico da Academia de Arbitragem e coordenador do projeto "Saber+Arbitragem" mostra-se entusiasmado com os benefícios que esta plataforma pode trazer ao setor da Arbitragem: "Tanto quanto sabemos, nos moldes em que está a funcionar, não conhecemos outro modelo assim. Na perspetiva do árbitro-utilizador, esta é uma ferramenta que permite - em qualquer lugar ou momento do seu dia - testar os seus conhecimentos sobre as leis do jogo, respondendo a questões elaboradas e validadas pelo Conselho de Arbitragem. Através do seu 'tablet' ou do seu telemóvel, os juízes podem estudar qualquer temática. Por outro lado, este passo significa massificar o acesso à informação. Qualquer árbitro do país poderá dispor do mesmo conhecimento, o que coloca todos em igualdade de circunstâncias. Tudo isto significa uma transparência ainda maior em relação às avaliações que o CA realiza porque o que se preconiza é que a avaliação dos árbitros passe a ser feita a partir desta base de dados de perguntas e respostas."
João Pina frisa que todos os árbitros portugueses vão ter acesso a esta inovação, e não apenas os de futebol: "Muito em breve [n.d.r durante o mês de setembro] os árbitros de futsal vão ter acesso a esta plataforma. Todos os árbitros de todas as categorias têm acesso, desde os mais categorizados aos estagiários que estão neste momento a fazer o seu processo de acesso à Federação. É óbvio que esta é uma forma de o CA ajudar as Associações que têm menos recursos. Nesse sentido, vamos estar mais próximos dos diversos Conselhos de Arbitragem e resolvemos uma questão que há muito se impunha: desenvolver um sistema de formação para os árbitros. Há perguntas de graus de dificuldade diferentes, questões em inglês, muito em breve serão disponibilizados vídeos...há um conjunto de novas oportunidades que se criaram com esta plataforma."
Neste momento, a "Saber+Arbitragem"  tem já 384 utilizadores e o número total de perguntas respondidas ascende a 152534.

Fonte: FPF

Liga dos Campeões: Olegário Benquerença no Slovan Bratislava - BATE Borisov


O Comité de Arbitragem da UEFA nomeou Olegário Benquerença para dirigir a partida entre os eslovacos do Slovan Bratislava e os bielorrussos do BATE Borisov, da primeira mão dos "playoff" da Liga dos Campeões.

O juiz da AF Leiria, de 44 anos, será auxiliado por Bertino Miranda e Paulo Soares, enquanto Nuno Pereira será o quarto-árbitro. Artur Soares e Carlos Xistra serão os árbitros-assistentes de baliza.

O Slovan Bratislava-BATE Borisov arranca às 19h45 de quarta-feira.

Fonte: RR

Liga dos Campeões: Kuipers no Lille - FC Porto

Ex-árbitro e actual comentador de Bola Branca aprova escolha de juiz holandês "experiente" para a primeira mão dos "playoff" de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões.

José Leirós aprova a nomeação do holandês Bjorn Kuipers para a partida da primeira mão dos "playoff" de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões, entre Lille e FC Porto.

O ex-árbitro e actual comentador de Bola Branca mostra-se agradado pelo facto de a UEFA ter escolhido um juiz "experiente" para uma partida que começa a definir o apuramento de uma das equipas para a Champions.

"É a prova de que a UEFA, uma vez mais, percebeu que o FC Porto e o futebol português têm credibilidade e teve que nomear um árbitro experiente. Bjorn Kuipers tem experiência de jogos difíceis ao longo da sua carreira. Por isso mesmo, a UEFA teve em atenção que este jogo vai apurar um clube para a Liga dos Campeões. É uma boa nomeação. A equipa portuguesa certamente não terá qualquer problema com a equipa de arbitragem", analisa Leirós.

Na época passada, Kuipers apitou o Eintracht Frankfurt-FC Porto, nos 16 avos-de-final da Liga Europa. Na quarta-feira, será assistido por Sander van Roekel e Erwin Zeinstra. O quarto árbitro é Mario Diks o os árbitros adicionais são Richard Liesveld e Ed Janssen.

Fonte: Renascença

Ministro explica Tribunal Arbitral

Em artigo assinado na revista da FPF, Luís Marques Guedes, ministro da Presidência e dos Assuntos Parlamentares, explica a importância da criação do Tribunal Arbitral do Desporto.

O processo de criação de um Tribunal Arbitral do Desporto em Portugal conheceu avanços e recuos. A proposta de lei apresentada em 2012 pelo governo foi chumbada duas vezes pelo Tribunal Constitucional e só em março deste ano o Parlamento aprovou (sem votos contra) a terceira solução do executivo de Passos Coelho.
Em artigo exclusivo publicado no último número da FPF360, disponível desde 10 de agosto, o ministro da Presidência e dos Assuntos Parlamentares enumera as razões pelas quais o governo entende como fundamental a criação do TAD.
DESCARREGUE AQUI AS PÁGINAS 92/93 DA FPF360 N.º 8 e leia o artigo de Luís Marques Guedes.
Fonte: FPF

domingo, 17 de agosto de 2014

Vídeo: Spray... começaram as histórias engraçadas!!

O spray foi utilizado pela primeira vez no Campeonato Inglês, neste fim de semana. E o objeto já rendeu imagens inusitadas. No jogo entre Arsenal e Crystal Palace, o árbitro tentou sinalizar onde a bola deveria ser colocada, para que Cazorla cobrasse a falta. Mas o dispositivo falhou e o jogador espanhol levou uma jato de espuma no rosto. Confira o vídeo.


Em outra partida do Campeonato Inglês, o juiz Mike Dean, que apitava o jogo entre Manchester United e Swansea, foi determinar o local da barreira. Quando foi usar o spray o árbitro acabou sujando a chuteira de Nathan Dyer, do Swansea, que ficou irritado.


sábado, 16 de agosto de 2014

Adepto processa FIFA em 1000 milhões de euros por arbitragem


Um processo jurídico multimilionário foi o que um colombiano abriu contra a FIFA. Em causa está a arbitragem do jogo entre a Colômbia e o Brasil a contar para o campeonato do mundo, reporta o Bleacher Report.

De acordo com esta publicação, as decisões de Carlos Velasco Carballo causaram incómodo a este adepto de nome Aurelio Jimenez, de 74 anos, tendo este de ser conduzido ao hospital por problemas cardíacos. Por essa razão, pede agora 1000 milhões de euros, para reparar eventuais danos à sua saúde causados pelo juiz da partida.

"Senti-me muito mal. Estava com problemas no coração, o meu ritmo cardíaco estava alterado e os meus familiares tiveram de me levar de emergência para o hospital. Estava rodeado dos meus netos que estavam a chorar muito", referiu Aurelio Jimenez. 

Mas há mais, caso este processo seja ganho por Jimenez, este colombiano planeia doar o dinheiro conseguido judicialmente a instituições de solidariedade social que se dediquem a crianças.

Fonte: Notícias ao Minuto

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Época 2013/2014: Mil jogos para apitar


Vão ser mais de mil jogos (concretamente 1009) que os árbitros irão apitar nas competições profissionais durante a época 2014/15, segundo as contas do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

De uma temporada para a outra, o acréscimo de jogos nas duas ligas profissionais é significativo. Com os alargamentos (de 16 para 18 equipas no escalão maior e de 22 para 24 na 2.ª Liga), o número de encontros passa de 702 para 858 no total das duas divisões. Juntando a Taça da Liga e a Taça de Portugal, são mais de mil os jogos que o quadro de 23 árbitros (os mesmos do último ano, mais 12 de categoria C2) e 50 assistentes terá de apitar ao longo da temporada.

O alargamento nos dois escalões profissionais obrigou também a uma arrumação no calendário que faz com que esta época se realizem 12 jornadas da 2.ª Liga a meio da semana, mais cinco do que na época passada, o que obriga a uma grande agilidade na nomeação dos árbitros e... maior disponibilidade dos homens do apito. Não vai ser fácil.

Regras iguais

Sem interlocutor na Liga, eventuais alterações a regras autorizadas pela FIFA (aprovadas peloInternational Board) e que foram utilizadas no Mundial não poderão ser aplicadas pelo menos no início do campeonato. Além do recurso da tecnologia de golo (o que obviamente implicaria um investimento de alguns milhões de euros), fica também comprometida a utilização do spray na marcação dos livres.

Nestes dias que antecederam o pontapé de saída das provas profissionais, os árbitros estiveram a prestar esclarecimentos em vários clubes, aclarando algumas das regras, recorrendo a um vídeo que a UEFA produziu e distribuiu.

Propostas na gaveta

A aguardar por discussão e aprovação estão as propostas de alteração ao Regulamento de Arbitragem que o CA da FPF apresentou em abril à Liga.

Sem também qualquer evolução estão os projetos para alterar algumas das normas do Regulamento Disciplinar propostas pelos clubes. Sendo assim, os campeonatos arrancam sem mudanças regulamentares.

Penálti só por mão deliberada

A quantidade de penáltis que foram assinalados na última época por bola na mão sem ser clara a ação deliberada do infrator, levou o CA a chamar a atenção dos árbitros para esse tipo de situações.Penálti, sim, se a infração for deliberada segundo o critério do árbitro.Outras recomendações já vêm de épocas anteriores: proteção dos jogadores e severidade na punição das entradas violentas e marcação de off-side quando jogador em posição irregular fizer menção de jogar a bola (isto é, não é preciso esperar que haja toque na bola – algo que aliás já era prática em Portugal e que agora ficou claro em letra de lei).

Fonte: Record

Mourinho:"Os árbitros é que se metem comigo"


José Mourinho, treinador do Chelsea, foi questionado, esta sexta-feira, sobre os conflitos que tem tido com os árbitros. A resposta gerou uma gargalhada geral na sala de imprensa.

"Acho que é mais fácil dizer que eles é que se metem comigo e não eu com eles", afirmou o técnico português, durante a conferência de imprensa de lançamento do jogo com o Burnley.

"Já me conhecem há muito tempo, podem observar como sou, como me comporto e como abordo as situações. Acho que conseguem ver diferenças em relação há dez anos e acho que são eles que se metem comigo, não eu com eles. Por isso, perguntem a eles", concluiu Mourinho, de cara séria.


Fonte: Renascença

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Tiago Martins e Fábio Veríssimo são os estreantes na lista de árbitros

O lisboeta Tiago Martins e o leiriense Fábio Veríssimo são as caras novas no quadro de 23 árbitros das competições profissionais de futebol, no qual se destaca o “mundialista” Pedro Proença, a caminhar para o fim da carreira.

Pedro Proença, que foi o árbitro português mais bem classificado na época passada, poderá cumprir a última temporada nos relvados portugueses, como já deixou a entender publicamente, apesar de ainda lhe faltarem dois anos para atingir o limite de idade.
Único representante da arbitragem portuguesa no Campeonato do Mundo de 2014, Pedro Proença arbitrou no Brasil os jogos Camarões-Croácia e Japão-Colômbia, da primeira fase, bem como o encontro dos oitavos de final entre a Holanda e o México.
Se Pedro Proença é um dos veteranos, Tiago Martins e Fábio Veríssimo são os novatos no quadro de árbitros das provas profissionais, em substituição de Hugo Pacheco, do Porto, e Rui Silva, de Vila Real, que foram despromovidos à segunda categoria.
As associações de futebol de Lisboa e do Porto são as mais representadas na lista final de 23 árbitros para época 2014/15, com cinco representantes cada, assumindo, em conjunto, um peso de quase metade to número total de juízes.
Depois das duas maiores associações surge a de Braga, com quatro árbitros na categoria principal, ainda que tenham sido os únicos representantes da Madeira e de Castelo Branco, respetivamente, Marco Ferreira e Carlos Xistra, a sucederem a Pedro Proença na classificação da época passada.
Lista dos 23 árbitros:
AF Algarve: Nuno Almeida
Aveiro: Jorge Tavares
Braga: Cosme Machado, Jorge Ferreira, Luís Ferreira e Manuel Mota
Castelo Branco: Carlos Xistra
Leiria: Olegário Benquerença e Fábio Veríssimo
Lisboa: Duarte Gomes, Hugo Miguel, João Capela, Pedro Proença e Tiago Martins
Madeira: Marco Ferreira
Portalegre: Paulo Baptista
Porto: Artur Soares Dias, Jorge Sousa, Manuel Oliveira, Rui Costa e Vasco Santos
Setúbal: Bruno Esteves e Bruno Paixão

Sérgio Soares na Superfinal da Liga Europeia de Futebol de Praia

O português Sérgio Soares foi nomeado pela Beach Soccer Worldwide (BSWW) para integrar o quadro de árbitros da Superfinal da Liga Europeia, que vai decorrer em Torredembarra entre os dias 14 e 17 de agosto.

A representação portuguesa na Superfinal da Liga Europeia de futebol de praia não se vai resumir à Seleção Nacional. O árbitro português Sérgio Soares também vai estar em Torredembarra (Espanha) entre os dias 14 e 17 de agosto, já que foi um dos escolhidos pela Beach Soccer Worldwide para dirigir os jogos da mais importante competição europeia de seleções nacionais de futebol de praia.

Recorde-se que Portugal está integrado no grupo 1 da Divisão A desta prova, juntamente com Itália, Rússia e Bielorússia. A formação orientada por Mário Narciso estreia-se já esta quinta-feira (15h30 em Portugal Continental), diante dos bielorrussos.

Fonte: FPF

Árbitro vai dar lição ao plantel do Moreirense

A exemplo do que aconteceu nas duas últimas temporadas, o plantel do Moreirense vai receber uma aula sobre as leis do jogo. Os cónegos convidaram um árbitro internacional para dar uma sessão de esclarecimento ao grupo, a ter lugar durante a tarde de hoje, pelas 16 horas.


A iniciativa pretende que os jogadores fiquem a par das novas recomendações que o International Board fez aos árbitros para a temporada que agora se inicia. Nos últimos dois anos, Artur Soares Dias e Jorge Sousa foram os eleitos para a tal lição. Desta feita, o clube ainda não divulgou o nome do escolhido.


Ontem, o plantel de Miguel Leal voltou a treinar-se na máxima força. O treinador continua a aguardar pela contratação de um guarda-redes, que está a ser tratada pela SAD. Na agenda dos cónegos encontra-se ainda a aquisição de dois reforços para o meio-campo.


Fonte: Record

Árbitros em Portugal continuam sem spray

Apesar de ter a bênção da FIFA desde a Copa América de 2011, disputada na Argentina, o spray utilizado pelos árbitros de futebol para marcar o local exato da bola e da barreira na marcação de livres só ganhou verdadeira dimensão global com o último Mundial, realizado no Brasil.


A UEFA seguiu o exemplo e nesta época os jogadores envolvidos na Liga Europa e Liga dos Campeões terão de respeitar a distância na formação da barreira. Já em Portugal, vai continuar a ser tudo feito “a olhómetro”.


O Conselho de Arbitragem da FPF está aberto à possibilidade de introduzir o recurso ao spray nos relvados portugueses, mas a indefinição diretiva na Liga está a inviabilizar que tal medida avance no imediato.


No fundo, Vítor Pereira não tem interlocutor na entidade liderada por Mário Figueiredo de forma a debater questões como quem paga. Por isso, lá terão os árbitros da 1.ª e 2.ª Ligas que continuar a contar os passos, com os jogadores a avançar em direção à bola.


Rivalidade histórica



Argentinos e brasileiros são rivais ancestrais, sendo que disputam até a paternidade do spray no futebol. Os primeiros dizem que a ideia foi do jornalista Pablo Silva, que não se conformou com a derrota num jogo entre amigos por ter desperdiçado um livre perigoso devido ao adiantamento da barreira.


Vai daí, em 2007 apresentou o projeto a Julio Grondona, chefe do futebol argentino, e no ano seguinte o spray já era utilizado em torneios regionais. Em 2009 chegou ao Torneio Clausura e espalhou-se pela América do Sul.


Ora, os brasileiros têm outra versão. Heine Allemagne, engenheiro industrial, reclama a invenção para si e garante que o produto está patenteado por si desde 2004.


Espuma ao início era a de barbear


O spray utilizado pelos árbitros teve uma origem simples: espuma de barbear. A partir daí evoluiu-se para o atual 9.15 Fairplay, uma espuma que desaparece após um minuto sem danificar o relvado. O spray é composto de butano, isobutano, gás propano, um agente de formação de espuma, água e outros químicos. No site oficial do produto é dito que já foram vendidas 150 mil latas.


Colina: «Controlo é mais fácil»


Se há alguém com conhecimento de causa para comentar os benefícios da utilização do spray nos relvados é, sem dúvida, o italiano Pierluigi Collina. O atual chefe da arbitragem da UEFA não tem dúvidas em elogiar a inovação. “Permite aos árbitros controlar de forma mais fácil a barreira nos livres diretos, já que os jogadores deixam de poder usar a tática de dar uns pequenos passos de forma a encurtar a distância”, refere aquele que foi considerado um dos melhores árbitros do Mundo.


Após uma experiência bem-sucedida noEuropeu sub-17 deste ano, em Malta, a UEFA decidiu avançar para a utilização do spray em todas as competições. Já foi assim na Supertaça europeia conquistada anteontem pelo Real Madrid, em Cardiff, será assim nesta edição da Liga dos Campeões e da Liga Europa, bem como na fase de qualificação para o Europeu 2016.


Vários estudos demonstram que nos campeonatos do Brasil e Argentina o número de golos apontados em lances de bola parada aumentou e as faltas cometidas nos últimos metros diminuíram desde que os árbitros usam o spray.

Fonte: Record

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Vídeo: Empurrão em árbitro... Inocente?...

Aconteceu este fim-de-semana no campeonato brasileiro. De referir que o jogador não estava contente com algumas decisões anteriores do árbitro!

Acham que foi sem querer?...

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Vídeo: Francesa marca golo do outro mundo no Mundial Feminino Sub-20

Não há muito a dizer... VEJAM!!!


Howard Webb: Viagem até ao topo da arbitragem

"A arbitragem deu-me tanto...", disse Howard Webb, que anunciou a retirada aos 43 anos; o UEFA.com faz uma retrospectiva das suas nomeações mais importantes.


"O Howard foi sempre autoritário sem mostrar um ar de autoridade, o que provavelmente deriva da sua profissão", disse Jack Taylor, que, antes de Howard Webb, em 2010, havia sido, em 1974, o último árbitro inglês a dirigir uma final do Campeonato do Mundo.
"Ele é um homem alto e isso ajuda bastante quando tens a cargo um jogo potencialmente volátil", acrescentou Taylor sobre o antigo polícia, que deixou a primeira linha da arbitragem ao anunciar esta quarta-feira a sua retirada. A esposa de Webb, Kay, estava impressionada com a forma como o marido controlava um encontro. "Ele não consegue tomar conta dos filhos…", brincou. "Não sei como consegue fazê-lo num relvado de futebol. As pessoas parecem respeitá-lo dentro de campo e ele respeita-as."
Filho de um árbitro, Webb começou a arbitrar jogos locais em 1989 e progrediu na carreira até 2010, ano em que conseguiu o ponto mais alto ao dirigir as finais da UEFA Champions League e do Mundial.
Estava particularmente orgulhoso por ter sido o quinto inglês – e o primeiro desde Philip Don em 1994 – a conduzir a final da UEFA Champions League, tendo dito ao UEFA.com que tinha sido um sucesso que toda a Inglaterra podia partilhar.
"Temos qualquer coisa como 30 mil árbitros em Inglaterra e tenho a certeza que eles nos desejam o melhor", disse na altura. "É uma enorme honra e um privilégio vir até aqui e representar esses excelentes rapazes, que têm apoiado bastante a minha carreira. Sou árbitro há 21 anos e é preciso muito apoio para se chegar a este nível."
Webb, de 43 anos, vai continuar ligado ao futebol, pois prestará apoio e transmitirá a experiência e os conhecimentos aos árbitros da Premier League. Como explicou, "a arbitragem deu-me tanto e é importante que os árbitros que tenham sido recompensados continuem ligados á modalidade para transmitirem os seus conhecimentos."
O UEFA.com retrospectiva os marcos da carreira na Europa e mais além:
Primeiro jogo nas competições europeias como quarto árbitro
FC Dinamo Minsk 0-2 Brøndby IF
28/08/03, segunda mão da pré-eliminatória da Taça UEFA
Primeiro jogo da UEFA como árbitro principal
Espanha 2-0 Portugal
14/04/05, fase de elite do Campeonato da Europa de Sub-19
Primeiro jogo das competições de clubes da UEFA como árbitro principal
Ankaraspor AŞ 0-4 MFK Dubnica
02/07/05 primeira mão da segunda eliminatória da Taça InterToto
Primeiro jogo da UEFA Champions League como árbitro principal
Valkeakosken Haka 1-4 Vålerenga Fotball
03/08/05, segunda mão da segunda pré-eliminatória
Primeiro jogo da fase de grupos da UEFA Champions League
FC Steaua Bucureşti 0-3 Olympique Lyonnais
26/09/06, Grupo E
Primeiro jogo da fase de apuramento do Campeonato da Europa
Lituânia 0-1 França
24/03/07, Grupo B
Primeiro jogo em fases finais do Campeonato da Europa
Áustria 1-1 Polónia
12/06/08, Grupo B. em Viena
Primeiro jogo de apuramento para o Mundial
Portugal 2-3 Dinamarca
10/09/08, Grupo 1
Nomeações mais importantes para jogos da UEFA
FC Bayern München 0-2 FC Internazionale Milano
22/05/10, UEFA Champions League final, em Madrid
Primeiro jogo em fases finais do Mundial
Espanha 0-1 Suíça
16/06/10, Grupo H
Nomeação mais importante para jogos da FIFA
Holanda 0-1 Espanha
11 Julho 2010, final do Mundial, em Joanesburgo
Nomeação mais importante para jogos do EURO
Alemanha 1-2 Itália
28/06/12, meia-final do UEFA EURO 2012, em Varsóvia
Último jogo da UEFA
Real Madrid CF 1-0 FC Bayern München23/04/14, primeira mão das meias-finais da UEFA Champions League
Último jogo
Brasil 1-1 Chile (ap, 3-2 nos penalties)28/06/14, oitavos-de-final do Mundial

Fonte: UEFA

UEFA adopta uso de spray nas suas competições

O "spray" de tinta temporária, utilizado pelos árbitros para marcar o limite mínimo de distância entre as barreiras e o local de marcação de livres, passará a ser usado nos jogos das provas da UEFA, após um bem-sucedido período de testes.

"Após um teste bem-sucedido no Campeonato da Europa de Sub-17 de 2014, em Malta, estou satisfeito por o Comité de Arbitragem ter aprovado o uso do 'spray' nas nossas competições seniores", explicou o Presidente da UEFA, Michel Platini.
"Como todos viram no Mundial, o 'spray' foi muito útil na ajuda aos árbitros durante a marcação de livres e tenho a certeza que veremos resultados semelhantes nos nossos encontros da presente temporada. Aproveito também a oportunidade para elogiar a memória do recentemente falecido presidente da Federação Argentina de Futebol, Julio Grondona, que inicialmente pressionou, há alguns anos, o International Board para o uso do 'spray'. O seu contributo e determinação foram decisivos para o processo de implementação."
O director dos árbitros da UEFA, Pierluigi Collina, acrescentou: "Inicialmente discutimos a introdução do 'spray' com todos os árbitros de elite da UEFA durante o nosso curso de Inverno, em Lisboa, em Fevereiro passado, e testámo-lo, em Maio, em Malta, no Campeonato da Europa de Sub-17. Após um teste bem-sucedido e a aprovação do Comité de Arbitragem, estamos prontos a utilizar o 'spray' já na próxima semana, na SuperTaça Europeia."
"Na minha opinião, não há dúvidas que o 'spray' permite aos árbitros um controlo mais fácil nas situações de livres, uma vez que os jogadores deixam de poder encurtar a distância das barreiras recorrendo ao uso dos chamados 'passos de pinguim'. Uma vez a barreira defensiva ter sido correctamente posicionada, o livre será cobrado com a distância respeitada."
O "spray" recebeu um "feedback" positivo quando foi testado pela primeira vez, este Verão, no Campeonato da Europa de Sub-17. Será utilizado pela primeira vez numa competição da UEFA na SuperTaça Europeia, entre o Real Madrid CF e o Sevilla FC, a 12 de Agosto, em Cardiff. Será usado na UEFA Champions League já a a partir dos "play-off" e na UEFA Europa League a partir da fase de grupos. Também será utilizado na fase de apuramento para o UEFA EURO 2016, que se iniciará em Setembro.

Fonte: UEFA

FPF: Newsletter Arbitragem Feminina - 18ª Edição


Está já disponível a edição referente ao mês de Agosto da Newsletter da Arbitragem Feminina da FPF. 

Neste número tem destaque o curso C2 N3 para árbitras da categoria C3, o seminário de árbitros de futebol feminino, as quatro novas árbitras do quadro CF da FPF e as representações da arbitragem portuguesa nos Torneios Desenvolvimento de Futebol Feminino de Gibraltar e da Eslováquia.

Leia aqui a 18ª edição da newsletter da arbitragem feminina

Fonte: FPF

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Inglaterra: Duas mil latas de spray a caminho. Será que chega?

Já se sabia desde o final de julho. Mas agora, a Premier League decidiu encomendar duas mil latas do spray para os 380 encontros que se realizarão esta época. E pediu aos árbitros para pouparem.

Houve golos (dos bons), jogadores a desmaiarem em campo e uns alemães a levantarem o caneco no final. Até os árbitros tiveram uma novidade. E logo uma que deu nas vistas — o spray. Em todos os jogos do último Mundial, no Brasil, além de um apito, os árbitros tiveram sempre consigo uma lata de spray. Esta época, os oficiais da Premier League também a terão. E para se certificar disso mesmo, a liga inglesa encomendou duas mil latas do produto que ajuda a manter as distâncias na marcação de pontapés livre.
Será pouco? Não se sabe. Mas os responsáveis pelo campeonato, escreveu o Daily Telegraph, terão pedido aos árbitros ingleses que poupem no uso do spray — e que não o utilizem em livres marcados longe da baliza adversária.
A principal divisão do campeonato inglês conta com 20 equipas. De agosto a maio de 2015, a liga vai esticar-se por 38 jornadas o que, feitas as contas, dará um total de 380 encontros a realizar esta temporada. “Foi claro, ao ver o Mundial, que o spray beneficiou jogadores, árbitros e todos aqueles que assistiram aos jogos”, chegou a sublinhar, há tempos, Richard Scudamore, diretor executivo da Premier League, segundo o The Independent.
O spray permite que os árbitros assinalem na relva o local onde um pontapé livre deve ser batido, delimitando, também, a distância à qual a barreira de jogadores adversários deve estar. Após cerca de um minuto, a marca de spray desaparece da relva.
A decisão de munir os árbitros ingleses com uma lata de spray, aliás, parece ter sido bem recebido pelos adeptos da Premier League. Até hoje, a mensagem mais partilhada da conta oficial de Twitter da liga inglesa — mais de 10 mil retweets— foi precisamente aquela em que a liga anunciou, no final de julho, que iria utilizar o método nesta temporada.
O spray, recorde-se, foi utilizado pela primeira vez, pela FIFA, no Mundial de sub-20 de 2013. Em dezembro desse ano, o spray voltaria a ser utilizado no Mundial de Clubes, que se realizou em Marrocos e foi conquistado pelo Bayern de Munique. Esta época, será também utilizado na Liga dos Campeões e na Liga Europa, provas organizadas pela UEFA.

Fonte: Observador

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Howard Webb coloca um ponto final na carreira de árbitro


Howard Webb deixa de ser árbitro, ao fim de 25 anos de carreira, para assumir um novo papel na arbitragem inglesa. O antigo polícia passa a ser diretor técnico da PGMOL, um cargo criado recentemente no organismo que regula a elite da arbitragem em Inglaterra.

Webb será responsável por supervisionar a direção técnica e as normas que regem o desempenho dos árbitros em campo, gerir o programa e sistema de treino e vai ainda trabalhar no programa de desenvolvimento que guia os árbitros do nível 3 até ao «Select Group», o topo da arbitragem.

O antigo árbitro terá ainda um papel virado para o público, informando e educando as pessoas sobre matérias ligadas à arbitragem.

«Estou muito entusiasmado por começar este novo capítulo, depois de 25 anos maravilhosos e gratificantes no campo», disse Howard Webb, citado pelo site da Premier League. «Passei mais do que uma década com o "melhor lugar da plateia" em jogos da Premier League, tive a sorte de participar em nove provas da UEFA e da FIFA e dirigir as finais da Liga dos Campeões e do Mundial.» 

O PGMOL é um organismo que foi criado em 2001 para melhorar a arbitragem. Uma equipa de treinadores, encabeçada por Mike Riley, tem como função cuidar do treino e desenvolvimento dos árbitros e assistentes - da Premier League, Football League e competições da FA. É ainda responsável pelos árbitros de topo, os 18 árbitros profissionais que pertencem ao «Select Group»

Fonte: Mais Futebol

Pedro Henriques: Escolha de Duarte Gomes é "muito boa"


Duarte Gomes vai ser o árbitro da Supertaça, disputada entre Benfica e Rio Ave, no próximo domingo, em Aveiro. Na opinião do antigo árbitro e comentador de arbitragem, Pedro Henriques, trata-se de uma boa nomeação de Vítor Pereira.
 
"Pela classificação que ele obteve o ano passado, por ser um árbitro internacional e por se tratar de uma final, que é um jogo decisivo, das opções que o Vítor Pereira tem, penso que é uma muito boa escolha. Tem muita maturidade, quase 200 jogos na primeira liga. Oxalá que no final do jogo não se fale do árbitro e se fale do jogo em si", afirma, em declarações a Bola Branca.
Pedro Henriques destaca ainda a importância de um bom arranque de temporada, nomeadamente em termos de arbitragem, porque "isso marca o andamento do resto da arbitragem, quer pela positiva como pela negativa, e tem sempre muita influência sob o ponto de vista emocional e psicológico, quer para os árbitros, quer para o público em geral".


Fonte: Renascença

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Inglaterra: Perda de consciência obrigará a substituição do jogador


A federação inglesa de futebol (FA) anunciou esta terça-feira regulamentos que obrigam à substituição compulsiva dos jogadores suspeitos de terem perdido a consciência num lance ou disputa de bola durante os jogos. Após um variado número de casos de desmaios na época passada e durante o Mundial2014, com atletas que voltaram ao jogo após terem perdido os sentidos ou terem chocado violentamente com a cabeça, a FA apertou os procedimentos no sentido da salvaguarda da saúde dos futebolistas e do risco de concussão no crânio.

"Se houver suspeita ou confirmação de perda de consciência, o jogador deve ser retirado do jogo e impedido de regressar", refere o novo regulamento, que prevê a elucidação da situação através da equipa de arbitragem, de jogadores, delegados e até com o recurso às imagens televisivas. Além disso, todos os confrontos da "Premier League" terão um "médico de túnel", que apoiará as equipas médicas dos clubes no reconhecimento de sinais de concussão. Um dos casos de concussão mais polémico aconteceu na época passada, quando o guarda-redes francês Hugo Loris, do Totenham, continuou a jogar após um momento de perda de conhecimento, no jogo frente ao Everton, em novembro.

O facto de os responsáveis da equipa de Londres terem permitido a sua continuidade em campo foi muito criticado por associações de saúde.


Fonte: A Bola

Duarte Gomes é o árbitro da Supertaça (Vídeo)


Duarte Gomes, de Lisboa, foi o árbitro designado para a Supertaçã, que se disputa no domingo no estádio municipal de Aveiro, entre o Benfica, campeão nacional de futebol, e o Rio Ave, finalista da Taça de Portugal.

A nomeação do Conselho de Arbitragem da FPF inclui ainda os auxiliares Ricardo Santos (Lisboa) e Venâncio Tomé (Setúbal), sendo Luís Ferreira (Braga) o quarto árbitro.

O árbitro lisboeta, de 41 anos, espera "um grande jogo", com "significado especial", por ser a Supertaça: "Tem um significado especial, pelo facto de ser a Supertaça e, por isso, a motivação cresce. Estamos felizes e preparados", disse, em declarações ao site da FPF.
Duarte Gomes gostaria ainda que o jogo não fosse conflituoso: "Acima de tudo, que [os jogadoresd] tenham respeito mútuo e que proporcionem aos adeptos um grande jogo", acrescentou o árbitro internacional.

Humor: Fim do Jogo...


Vídeo: Howard Webb também sabe marcar "penalties"!

Habituado a assinalar grandes penalidades, o árbitro Hooward Webb mostrou que também sabe convertê-las. Durante um jogo de beneficiência realizado no último fim de semana, em Barnsley, na Inglaterra o ousado Webb marcou um penalty à Panenka! Vejam...

Árbitro do Uzbequistão recebe carro do seu governo


O árbitro Rasvhan Irmatov (Fifa/Uzbequistão), que participou no Campeonato do do Mundo no Brasil, foi surpreendido ao chegar ao seu país. Além dos seus familiares que o aguardavam depois de mais de quarenta dias de ausência, uma legião de adeptos, políticos, dirigentes de clubes, atletas e a imprensa foram recebê-lo.

Alguns dias depois, Irmatov foi convidado a comparecer a sede do governo Uzbeque, onde foi recebido pelo presidente Islam Karimov, pelos membros da Câmara Legislativa e do Senado. Ato contínuo, numa sessão inédita realizada a um árbitro de futebol, foi condecorado com a Ordem de Honra do Povo do Uzbequistão, a principal condecoração que aquele País destina a pessoas que realizaram ou realizam algum feito notório.


O presidente Karimov destacou que a concessão de tal condecoração a Rasvhan Irmatov, era o reconhecimento do povo do Uzbequistão a estatura do seu caráter e pelas brilhantes participações nos Mundiais da África do Sul em 2010, onde dirigiu cinco partidas e também no Mundial no Brasil, onde apitou quatro jogos, estabelecendo um recorde no que respeita a campeonatos da Fifa, apitando nove jogos em dois mundiais consecutivos.

A fechar a sessão que o condecorou, Irmatov foi conduzido ao pátio do parlamento e lá teve uma agradabilíssima surpresa. Foi presenteado com um carro como prémio por todas as ações que tem desempenhando em benefício da arbitragem e pelo desporto do Uzbequistão.  


Fonte: Valdir Bicudo

Quadro de Observadores B - Futebol Não Profissional


Consulte aqui o Comunicado Oficial completo.

Quadro de Observadores A - Futebol Profissional


Consulte aqui o Comunicado Oficial da FPF completo.

Liga Europa: Artur Soares Dias vai apitar o St Pölten - PSV Eindhoven


O árbitro português Artur Soares Dias foi nomeado para a receção dos austríacos do St Pölten ao PSV Eindhoven, depois dos holandeses terem ganho na primeira mão pela margem mínima. 

O juiz do Porto vai contar com o apoio de Rui Tavares e Bruno Rodrigues. Paulo Batista será o quarto árbitro.

Fonte: Mais Futebol

Mourinho revoltado com "circo" montado por árbitro

A derrota por 3-0 no reduto do Werder Bremen levou José Mourinho a tecer duas críticas ao jovem árbitro Harm Osmers.


O treinador do Chelsea, o português José Mourinho, afirmou que o árbitro do jogo frente ao Werder Bremen atuou como se estivesse "num circo", após a derrota por 3-0 no terreno do clube germânico.

A partida, que marcou o regresso do costa-marfinense Didier Drogba (ex-Galatasaray) e do guarda-redes belga Courtois (esteve emprestado ao Atlético de Madrid), não correu de feição aos londrinos e o técnico luso atribuiu as culpas ao árbitro e à diferença de condição entre as duas equipas.

"O árbitro pensou que isto era um circo montado para animar os adeptos do Bremen e matou o jogo", disse Mourinho, em declarações à página oficial do Chelsea na internet.

Harm Osmers, o árbitro da partida, tem 29 anos e não integra a primeira categoria do futebol alemão.
O técnico admitiu ter enfrentado "a melhor equipa de todas" as que defrontou na pré-temporada, mas com uma diferença essencial: "Sabíamos que estavam numa fase mais adiantada de forma, pelo que esperávamos um jogo muito competitivo e intenso."

"São rápidos, defendem com muitos jogadores, têm bom jogo físico. Era o adversário perfeito, mas não jogámos como devíamos", afirmou.

Porém, o desempenho do árbitro deixou José Mourinho pouco satisfeito.
"Todas as faltas eram contra nós. Os penáltis, sobretudo o último, não fazem sentido. A agressividade contra Ake, um jovem de 18 anos, é dececionante. Quisemos fazer um bom ensaio, mas o árbitro não o permitiu", rematou Mourinho.

Fonte: DN Desporto