sexta-feira, 31 de maio de 2013

FPF - Classificações da Arbitragem - Época 2012/2013

O Conselho Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol comunicou as classificações finais dos árbitros e árbitros assistentes relativas à época 2012/2013.

Consulte aqui o Comunicado Oficial n.º 413


"Encontrão" em árbitro dá 9 meses suspensão a Leonardo (video)

Leonardo, diretor desportivo do PSG, foi suspenso por nove meses por ter dado um «encontrão» ao árbitro num jogo do início do mês. A punição envolve todos os deveres oficiais e impede-o igualmente de estar junto ao relvado nos jogos do PSG.

A Comissão de Disciplina da Liga francesa considera que houve intenção de agredir o juiz da partida. Além da suspensão, o PSG seria penalizado com a retirada de três pontos na próxima época, mas esta pena ficou suspensa.

Entretanto o PSG já anunciou em comunicado que vai recorrer do castigo por considerar que «a decisao foi infundada e extremamente severa». O clube disse ainda que está «totalemente solidário com o diretor desportivo».

O jogo ficou marcado por uma polémica expulsão de Thiago Silva, por algo que terá dito ao árbitro, Alexandre Castro. O internacional brasileiro foi de imediato punido com dois jogos de suspensão, enquanto que o caso de Leonardo foi analisado mais tarde, mas o dirigente ficou suspenso preventivamente.

«O delegado estava à minha frente e bloqueou-me a passagem. Ele é que me atira para cima do árbitro. Vejam as imagens: não lhe toco com o ombro, mas com as costas. Eu é que fui agredido», argumentou Leonardo na altura, em declarações ao «LEquipe». Uma versão que o delegado ao jogo refuta, dizendo ainda que nunca tinha visto uma cena assim, em vinte anos de carreira. 



Fonte: Mais Futebol

quinta-feira, 30 de maio de 2013

"Peitada" em árbitro valeu expulsão (Video)


Clemente Rodríguez, defesa do Boca Juniors, foi expulso após dar uma "peitada" no árbitro do jogo contra o Newell's Old Boys, a contar para a Taça Libertadores. A repetição em câmera lenta não espelha com grande precisão o choque do momento, entre o jogador e o juiz.
Este árbitro não caiu para trás, nem ficou (supostamente) inconsciente, mas decidiu que o gesto foi suficiente para expulsar Rodríguez. E não terminou o jogo mais cedo. O Newell's eliminou o Boca, nas grandes penalidades.

Árbitros portugueses acabaram época com pernas pesadas e mão leve


I Liga terminou com o mais baixo registo de cartões dos últimos três anos.
A temporada 2012-13 trouxe uma mudança para a arbitragem portuguesa. Foi um ano que deixou os árbitros com as pernas pesadas, devido ao número de jogos que cada um ajuizou. Mas nem por isso os juízes deixaram de ter mão leve, em comparação com as mais recentes edições da I Liga: as estatísticas do campeonato mostram que o número de cartões foi o mais baixo desde 2009-10, contrariando a tendência de subida que se vinha a verificar.
Os dados recolhidos no site oficial da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) mostram que o número de cartões mostrados nos jogos da I Liga em 2012-13 desceu 8,2% relativamente ao ano anterior. Foram, no total, 1319 (amarelos, duplos amarelos e vermelhos), um número aquém dos 1437 registados em 2011-12. Em 2010-11 tinham sido 1420, enquanto em 2009-10 o total ficou abaixo dos 1300: 1283. "Quando cheguei à I Liga, deixava jogar e isso caiu bem", reconheceu ao PÚBLICO o ex-árbitro Pedro Henriques, acrescentando: "Quando me retirei, voltou aquela postura de se apitar mais". Mesmo assim, e face ao decréscimo de cartões exibidos na I Liga, o militar concedeu que houve uma "mudança de atitude por parte dos jogadores e árbitros". "O relacionamento é cada vez melhor, o comportamento tem vindo a alterar-se e a compreensão da arbitragem é melhor", sublinhou.
Artur Soares Dias foi o árbitro que mais jogos apitou na I Liga 2012-13: 15. Mas nem por isso foi aquele que mais cartões mostrou, pelo contrário. O árbitro portuense exibiu no total 77 cartões (nesta análise, uma expulsão por acumulação conta dois amarelos e não um vermelho), contra os 94 em 14 jogos do também portuense Jorge Sousa. O registo deste último foi inflacionado pelo FC Porto-Sporting da sexta jornada, o encontro com mais admoestações disciplinares. Foram 14 cartões no total (12 amarelos e um duplo amarelo). O Beira-Mar-Olhanense da 24.ª jornada, dirigido por Pedro Proença, surge em segundo lugar, com 12 cartões.
Apesar das críticas - por vezes ferozes - feitas à arbitragem durante o campeonato, Pedro Henriques acredita que o balanço é positivo. "Todos os anos, quando há erros e as equipas perdem, vão para cima das arbitragens. E todos os anos temos jogos mais flagrantes onde isso acontece", admitiu. "Houve três ou quatro momentos em que isso aconteceu", prosseguiu o ex-árbitro, notando que a incerteza até ao final em vários sectores da classificação da I Liga contribuiu para isso.
Outro aspecto importante sobre a arbitragem portuguesa em 2012-13 está relacionado com o elevado número de jogos que cada árbitro ajuizou. O alargamento da II Liga implicou uma sobrecarga: em 2011-12 a média de jogos (na I Liga, II Liga e Taça da Liga, provas das quais a LPFP disponibiliza estatísticas) de cada árbitro era de 20,9. Já na temporada que agora terminou esse valor ultrapassou os 30. "Houve mais carga física e menos tempo de recuperação", salientou Pedro Henriques. De resto, já no início da temporada o presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, Vítor Pereira, admitia estar preocupado: "A estrutura da arbitragem não é profissional e, do meu ponto de vista, os árbitros vão ter dificuldades acrescidas em conciliar a vida profissional com a arbitragem".
As solicitações aumentaram, o que dá nova actualidade à questão da profissionalização. "É importante, sem dúvida", reforçou Pedro Henriques. Para já, a Academia de Arbitragem, lançada por Vítor Pereira no início deste ano, dá uma ajuda na formação. "Os árbitros começam mais cedo a fazer os cursos e aparecem mais cedo na I Liga", disse o ex-árbitro. Isso tem vantagens e desvantagens, sublinhou: "O factor experiência - de futebol e da própria vida - é importante, como em todas as profissões. Um árbitro tem de gerir 22 pessoas e os bancos de suplentes. A maturidade é extremamente importante".

Fonte: Público

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Futebol de Praia: FIFA atribui Mundial 2015 a Portugal



A FIFA anunciou esta terça-feira a decisão de atribuir a Portugal a organização do Mundial de Futebol de Praia em 2015.

O organismo que tutela o futebol mundial decidiu que a candidatura apresentada pela Federação Portuguesa de Futebol é a que reúne mais condições para organizar um evento desta dimensão desportiva e social.

O Mundial de Futebol de Praia de 2015 vai realizar-se numa praia de Gaia.


Fonte: FPF

terça-feira, 28 de maio de 2013

Proença e os outros 51 árbitros candidatos ao Mundial estão no Brasil

Os 52 árbitros candidatos a apitar no Mundial 2014 já se encontram no Rio de Janeiro, para serem avaliados a nível físico e clínico, na preparação para a prova. Pedro Proença, Bertino Miranda e Tiago Trigo são a única equipa lusa de arbitragem nesta concentração, estando nomeados para a Taça das Confederações, prova a ser disputada entre 15 e 30 de Junho.

O primeiro teste de preparação organizado pela FIFA irá decorrer até ao final da semana e os 52 árbitros (19 provenientes da Europa, 2 da Oceânia, 12 da América do Sul, 7 da América do Norte e Central, 7 de África e 5 do continente Asiático) irão participar em ações teóricas, em conjunto com avaliações clínicas e atividade física, acompanhados de técnicos especializados.

Massimo Busacca, responsável pela arbitragem nomeado pela FIFA, revelou que estes profissionais estão na fase decisiva para a sua participação na competição mais importante no futebol mundial. «Estamos na fase final, a parte mais intensa do processo que vai conduzir-nos ao Mundial 2014», disse.

Fonte: Mais Futebol

Seminário de árbitros para Mundial 2014 começou no Rio de Janeiro



Com a chegada dos últimos representantes neste domingo, a equipe de 52 árbitros que foram selecionados como candidatos para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, iniciou seus trabalhos, no primeiro seminário de preparação em solo brasileiro, no Rio de Janeiro.
O Seminário marca mais uma etapa crucial na caminho em direção à Copa do Mundo, que os árbitros que iniciaram em setembro de 2012, em Zurique. 
Vindos de 46 países, os juízes farão uma série de trabalhos teóricos, testes clínicos e exercícios físicos, até o dia 31 de maio, graças à presença de instrutores de arbitragem da FIFA e vários outros profissionais de áreas tais como médica, tecnologia, fisioterapia, comunicações e administrativa.
A cerimônia de abertura e apresentação teve lugar nesta manhã de domingo, e contou com o Coordenador-Chefe de arbitragem da FIFA, Massimo Busacca, que foi árbitro em duas Copas do Mundo.
"Estamos agora na fase final, importante, a mais intensa deste processo que nos levará até a Copa do Mundo em 2014. Os árbitros tem de ser exatamente como a energia que temos quando estamos no Brasil! Aqui se joga futebol a toda hora, e em qualquer lugar! Por isso, com essa paixão no ar, com essa energia, quero que os árbitros respirem futebol, comam futebol. Vocês são o que há de melhor hoje no mundo da arbitragem! E serão cobrados para serem os melhores em campo, na Copa das Confederações e na Copa do Mundo!", explicou Busacca.

Representando o Comitê de Organização Local, o CEO, Ricardo Trade, acolheu os árbitros internacionais, dizendo: "O Brasil está em uma nova era. Em todas as áreas, estamos vivendo um novo momento. Estamos criando um novo padrão para termos a melhor qualidade de gramado nos estádios. E isso, para que os árbitros possam ter o melhor, para desenvolver seu trabalho."

Trade, que veio pessoalmente conhecer os árbitros antes de embarcar para Brasília para um evento-teste oficial no Estádio Nacional Brasília Mané Garrincha, disse: "Teremos a honra de inovar, nessa Copa das Confederações, pois haverá em nossos estádios a Tecnologia da Linha de Gol, e para que esse processo funcione do melhor modo possível, nós do COL, faremos o necessário, tudo mesmo, para que os árbitros possam ter as condições necessárias de tomarem suas decisões em campo, do melhor modo possível!"

O tetracampeão Bebeto, membro do COL, emocionou-se ao ouvir as palmas dos árbitros, e contou um pouco de sua história como atleta com a camisa do Brasil: "Recebo todos vocês como amigos, como os mais importantes visitantes em meu país. Sempre tive um relacionamento excelente com os árbitros. Sempre tentei ser um exemplo, tanto dentro como fora do campo. Eu e Ronaldo, que está comigo no COL, estamos fazendo o que podemos para assegurar que os campos neste eventos da FIFA, sejam perfeitos. E com a colaboração de vocês, árbitros, que a Copa das Confederações será um grande cartão de visita, um aperitivo do que acontecerá na Copa do Mundo em 2014. Desejo sucesso e saibam que vocês são importantes, vitais para o desenvolvimento de uma boa partida de futebol!"

Quem encerrou a série de discursos para os árbitros foi Ron DelMont, Diretor-Executivo do Escritório da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014: "Os árbitros que estão no Brasil hoje são o símbolo da paixão e do talento, da seriedade e da capacidade, destes profissionais que farão destes eventos FIFA no Brasil, uma grande festa do futebol. Vamos fazer o máximo para vocês dirigirem as partidas no campo de jogo. E nós, dirigentes, temos que fazer exatamente o que vocês, árbitros, fazem no gramado: temos de saber controlar, temos de estar focados, nos desconectar da fatos que nos rodeiam e entregar o melhor resultado possível. Vocês são os dirigentes no gramado e eu desejo a todos vocês muito êxito no Brasil!"

Dez árbitros dos que estão presentes no Brasil já foram escolhidos para dirigir os jogos da Copa das Confederações em Junho. A lista competa pode ser encontrada no site: www.FIFA.com

Fonte: FIFA
Texto escrito em português do Brasil

Nicola Rizzoli: Árbitro da final confessa ter chorado no fim

O árbitro italiano Nicola Rizzoli, que apitou a final da Liga dos Campeões entre Bayern e Borússia Dortmund, confessou ter chorado depois de ter dado o apito final da partida.

Num jogo que a equipa do Bayern venceu por duas bolas a uma, o juiz tentou descrever o rol de emoções que o invadiu no final do encontro de Wembley. «Aconteceu após o jogo. Estava sozinho e olhei para o estádio com os adeptos a cantar, até os do Borussia. Assim que a tensão se dissipou, fiquei em lágrimas», explicou Rizzoli, em declarações ao jornal «Gazzetta dello Sport».

Rizzoli revelou que o seu mentor e antigo árbitro Pierluigi Collina, atual dirigente da arbitragem na UEFA, foi felicitá-lo aos balneários, fato que ainda mais contribuiu para o impacto emocional do momento. 

«Tinha a sensação de que tinha feito um bom trabalho, mas queria ouvir o que Collina tinha a dizer. Se eu tivesse tomado alguma decisão errada, ficaria muito desiludido, porque ele ajudou-me muito. Quando ele entrou no balneário, sustive a respiração. Olhou-me por alguns segundos em silêncio e depois disse: Muito bem, muito bem a todos vocês», concluiu.

Fonte: Mais Futebol

sábado, 25 de maio de 2013

Jorge Sousa: «Era um dos meus sonhos de carreira»



O árbitro Jorge Sousa admitiu este sábado que vai cumprir um sonho ao dirigir domingo a final da Taça de Portugal, que vai opor o Benfica ao V. Guimarães.

"Era um dos meus sonhos de carreira estar cá, vou concretizá-lo amanhã [domingo]. Eu e a equipa de arbitragem estamos muito felizes e ansiosos por poder corresponder às expectativas de quem acreditou em nós. Trabalhámos imenso ao longo do ano e fomos recompensados", disse o árbitro portuense.

Jorge Sousa, que falava numa conferência de imprensa conjunta com os treinadores dos dois clubes finalistas, Jorge Jesus e Rui Vitória, assegurou que a preparação para o jogo de domingo é igual à de qualquer jogo.

"A preparação é igual a um jogo normal da época", disse, admitindo, no entanto, que também é um dia especial para a equipa de arbitragem: "É um dia especial nas nossas carreiras. Temos obrigação de aproveitar o dia e de o desfrutar da melhor forma possível".

No encontro decisivo, marcado para as 17H15, Jorge Sousa espera encontrar duas formações motivadas e garante uma equipa de arbitragem ambiciosa e consciente do seu papel.

"Espero 22 jogadores extremamente motivados, a darem tudo pelas suas instituições, e nós com um papel diferente, mas com a mesma ambição, a mesma motivação e o mesmo querer", disse. O árbitro portuense, que sempre tem assistido à final da Taça "pela televisão", considerou que o jogo se reveste de um caráter especial, sobretudo "devido ao convívio entre as pessoas" e mostrou-se muito feliz por marcar presença no Jamor, um palco que todos os anos sofre alguma contestação.

Jorge Sousa, de 37 anos, fará a sua estreia em finais da Taça de Portugal, numa carreira em que contabiliza mais de 1.500 jogos dos vários escalões. No Estádio Nacional, árbitro da associação Porto estará acompanhado pelos assistentes Bertino Miranda (Porto) e Álvaro Mesquita (Vila Real), enquanto Bruno Esteves (Setúbal) será o quarto árbitro.

Fonte: Record

Árbitro dá cabeçada a jogador e é detido (video)

Lance insólito no campeonato de futsal da Sérvia, com o árbitro Sasa Stefanovic a dar uma cabeçada a Miodrag Aksentijevic, guarda-redes do Ekonomac, em jogo com o Marbo.

A agressão provocou indignação junto dos jogadores do Ekonomac, e foi necessária a intervenção da segurança e da polícia, para serenar os ânimos. O árbitro acabou, contudo, por ser detido pelas autoridades.

Veja o vídeo:


Fonte: Mais Futebol

sexta-feira, 24 de maio de 2013

APAF: "Jorge Sousa dá garantias"

O presidente da APAF (Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol), José Gomes, saúda a nomeação do Conselho de Arbitragem da FPF ao escolher Jorge Sousa, como o árbitro da final do Jamor. Para o dirigente esta "é uma nomeação que dá todas as garantias". Além disso, "é um dos melhores árbitros e os melhores árbitros têm que estar nos melhores jogos". 

José Gomes realça que o juíz do Porto "tem feito uma excelente época" e entende a opção de Vítor Pereira: "Se calhar deixamos de premiar aqueles árbitros mais antigos, que estariam em final de carreira e passamos a ter quem está melhor, nos melhores jogos".

Por tudo isto, o líder da APAF entende que esta é "uma nomeação a saudar". Jorge Sousa vai apitar a final da Taça de Portugal, entre Benfica e Vitória de Guimarães, no próximo domingo, no Jamor.

Fonte: Record

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Pedro Proença convocado para novo seminário da FIFA



O árbitro português Pedro Proença, que dirigiu as finais da Liga dos Campeões e do Europeu de 2012, vai frequentar um novo seminário de elite da FIFA, entre 25 e 31 de maio, no Rio de Janeiro.
Depois de ter estado na preparação europeia, em abril último, Proença, de 42 anos, volta a integrar a "seleção" do organismo para o Campeonato do Mundo de futebol de 2014, juntamente com outros 51 árbitros, confirmou hoje à agência Lusa fonte da Federação Portuguesa de Futebol.
Da lista constam outros 18 árbitros da Europa, dois da Oceânia, 12 da América do Sul, sete da América do Norte e Central, sete de África e cinco asiáticos.

Fonte: Lusa

Árbitro esloveno no Portugal - Rússia


Árbitros internacionais, genérica
TOSHIFUMI KITAMURA/AFP/Getty Images
A FIFA divulgou nesta terça-feira quem será o árbitro principal do duelo entre Portugal e Rússia, a contar para a qualificação para o Mundial 2014.
Trata-se do esloveno Damir Skomina, que terá como árbitros assistentes Matej Zunic e Bojan Ul. Slavko Vincic será o quarto árbitro.
A partida está agendada para o dia 7 de junho e realizar-se-á no Estádio da Luz, em Lisboa.

Fonte: Relvado

terça-feira, 21 de maio de 2013

Jorge Sousa é o árbitro da final da Taça de Portugal

O árbitro Jorge Sousa, do Porto foi nomeado para vai dirigir a final da Taça de Portugal, entre Benfica e Vitória de Guimarães, no Domingo, no Estádio Nacional, em Oeiras, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Futebol.

Jorge Sousa, de 37 anos, fará a sua estreia em finais da Taça de Portugal, numa carreira em que contabiliza mais de 1.500 jogos dos vários escalões.

No Estádio Nacional, árbitro da associação Porto estará acompanhado pelos assistentes Bertino Miranda (Porto) e Álvaro Mesquita (Vila Real), enquanto Bruno Esteves (Setúbal) será o quarto árbitro.

O encontro que encerra a época do futebol português está marcado para as 17h15 de Domingo.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Liga dos Campeões: italiano Nicola Rizzoli é o árbitro da final

A UEFA nomeou o italiano Nicola Rizzoli para apitar a final da Liga dos Campeões entre Borussia Dortmund e Real Madrid, marcada para sábado, 25 de maio, em Wembley.

Rizzoli sucede ao português Pedro Proença, que apitou a final do ano passado. O árbitro italiano tem 41 anos, é internacional desde 2007, esteve no Euro 2012 e esta época apitou vários jogos da Liga dos Campeões, incluindo a vitória do Málaga sobre o FC Porto, nos oitavos de final, que afastou os dragões da prova.

Fonte: Mais futebol

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Berta Tavares apita final da Taça de Portugal Feminina


Com uma vasta experiência ao serviço da arbitragem, Berta Tavares foi nomeada para o jogo da Final da Taça de Portugal de Futebol Feminino, no dia 19 de maio.
A árbitra da AF de Vila Real, depois de admitir a satisfação e orgulho pela nomeação, acredita que esta presença acaba por premiar um esforço de largos anos em prol da arbitragem. "Fiquei muito satisfeita e orgulhosa por ver o reconhecimento do meu trabalho e do meu esforço ao longo de todos estes anos ao serviço da arbitragem. É uma nomeação que me deixa, obviamente, muito feliz e honrada. Qualquer árbitra gostaria de receber esta notícia, tendo em conta que o Futebol Feminino se tem desenvolvido consideravelmente nos últimos tempos e, sobretudo, por esta prova ter ganho o destaque que ganhou no panorama nacional. Sinto que é claramente o culminar de um trabalho árduo, é o produto de um esforço grande para estar sempre ao mais alto nível, dar o meu melhor e dar provas da minha capacidade."

Coadjuvada por Olga Almeida (AF Viseu) e Maria João Freire (AF Lisboa) - que este ano receberam as insígnias FIFA - e a quarta-árbitra Andreia Sousa (AF Braga), Berta Tavares elogia a capacidade dos restantes elementos da equipa de arbitragem, garantindo que se sente confiante para o jogo do próximo domingo. "Não é a primeira vez que trabalho com estas árbitras. Conheço bem quem me vai acompanhar, são bastantes profissionais e competentes naquilo que fazem, por isso sinto-me perfeitamente apoiada e confiante para o jogo que nos aguarda."

No que às expetativas diz respeito, a árbitra de 38 anos gostaria de fazer parte de numa festa digna de uma Final da Taça de Portugal sem esquecer o apelo ao fair-play e desportivismo das equipas. "Todos os intervenientes deste jogo, quando se deslocam ao estádio, têm expetativas elevadas e a equipa de arbitragem não é diferente. A Taça de Portugal é uma verdadeira festa, há normalmente um ambiente familiar associado ao jogo da final e eu espero que esses sejam os fatores mais importantes do jogo de domingo. No fundo, gostaria de contribuir um pouco mais para a dignificação do Futebol Feminino, dar o meu melhor e contribuir também para essa festa. Deixo, obviamente, um apelo ao fair-play e ao desportivismo, porque são valores que tornam o espetáculo mais interessante. É o dia do Futebol Feminino, por isso será o dia da Arbitragem Feminina também."

A partida entre Valadares Gaia FC e Boavista FC está agendada para as 17h00, no Estádio Nacional.

Fonte: FPF

APAF celebra 34º aniversário


Hermínio Loureiro representará a FPF no aniversário da APAF, na sexta-feira, em Ançã (Coimbra).
O vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebolm Hermínio Loureiro, marcará presença no jantar/convívio de aniversário da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol que decorrerá na sexta-feira (17 de maio), pelas 20h30 na Quinta da Sobreira Quinhentista, em Ançã (Coimbra).

Fonte: FPF

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Artur Soares Dias no Torneio de Toulon


Árbitro portuense foi nomeado pela FIFA para o consagrado torneio de futebol jovem em que competirá a seleção nacional de sub-20.
O português Artur Soares Dias foi nomeado esta terça-feira, pela FIFA, como um dos árbitros do Torneio de Toulon, em França, que anualmente reúne alguns dos melhores jovens talentos do futebol mundial.

A competição, que terá lugar naquela cidade francesa, decorre entre os dias 29 de maio e 8 de junho, e contará com a participação da seleção sub-20 de Portugal.

Rui Licínio e Inácio Pereira vão coadjuvar o "juiz" da Associação de Futebol do Porto na edição deste ano, que começará a ser disputada por dois grupos de cinco combinados nacionais.

Portugal estará no Grupo B, juntamente com Bélgica, Brasil, México e Nigéria, enquanto o Grupo A será composto por Colômbia, Estados Unidos da América, França, República da Coreia e República Democrática do Congo.

Fonte: O Jogo

«Parem!»: avançado de 5 anos dá lição a treinador e árbitro


A história está a ser contada pela imprensa espanhola e elevou Alejandro, avançado de cinco anos das escolinhas do Union Viera, a herói da moral e bons hábitos do futebol espanhol. 

Tudo se passou no passado fim-de-semana, durante o jogo da equipa do pequeno goleador no sintético de Lopez Socas, em Las Palmas. 

Num momento mais quente, o treinador do Union Veria e o árbitro envolveram-se numa troca violenta de palavras. Alejandro não suportou o que via e meteu-se entre os dois. 

«Parem, parem, parem!», gritou Alejandro. «Não queria ver aquela discussão e intervim. Aquilo não estava bem. Eles ouviram-me e calaram-se», contou aos microfones da UDRadio, acompanhado pelo pai. 

Ruben Lopez estava no jogo e tirou a foto que pode ver ao lado do texto. «Foi um momento impactante. O gesto do menino foi memorável». 

Fonte: Mais Futebol

Árbitro Bjrn Kuipers ficou surpreendido por ter sido escolhido para a final da Liga Europa


"Sinto-me bem. Fiquei muito contente por ter sido o eleito para a final  da Liga Europa. E é ainda melhor porque é no meu país. Fiquei muito surpreendido,  porque pensava que não era possível um árbitro do país onde se realiza a  final ser o escolhido", disse Kuipers, em entrevista à UEFA. 
O árbitro estava na praia quando recebeu a chamada a comunicar-lhe a  sua seleção. "Estava a treinar na costa da Holanda e o Pierluigi Collina telefonou-me.  Senti-me muito orgulhoso. Fiquei feliz pela minha equipa, feliz por dar-lhes  a notícia que íamos estar na final", relatou. 
Kuipers recordou as pessoas que o ajudaram a chegar a este patamar,  incluindo treinadores, elementos da UEFA, da Federação Holandesa de futebol  e a sua equipa. "Tem sido um trabalho duro, mas recebemos um bónus", concluiu. 
Benfica e Chelsea defrontam-se na quarta-feira, a partir das 19:45,  na Arena de Amesterdão, na final da Liga Europa. 

Fonte: Sic Noticias

segunda-feira, 13 de maio de 2013

«Os árbitros tinham medo de Alex Ferguson»

Harry Redknapp é conhecido por ser um treinador que não tem problemas em dizer exatamente aquilo que pensa e, no dia em que sir Alex Ferguson se despede de Old Trafford, o treinador do Queens Park Rangers afirmou que os árbitros tinham receio do técnico do Manchester United.

«Muitos tinham medo dele e não o queriam irritar», disse Redknapp, à Radio 5. «Havia uma grande aura sobre ele, porque é um vencedor», acrescentou o treinador inglês.

«Nunca tive dúvidas sobre isso, porque se havia algum tempo de descontos a acrescentar, os árbitros queriam ter a certeza que acertavam nos minutos, porque não queriam que ele ficasse transtornado», comentou Redknapp.

«Sobretudo, isso acontecia com os árbitros mais jovens, mas também com um ou outro mais velho», declarou o técnico do já despromovido QPR, uma queixa que Rafael Benítez também fez, quando era treinador do Liverpool. 

«Sabemos o que acontece sempre que vamos a Old Trafford, o staff do United fala sempre de um para um com o árbitro, especialmente ao intervalo, quando saem juntos e ficam a falar e a falar», comentou em janeiro de 2009 o espanhol que agora orienta o Chelsea.

Fonte: Mais Futebol

Holandês Bjorn Kuipers arbitra jogo entre Benfica e Chelsea


O holandês Bjorn Kuipers foi nomeado, esta segunda-feira, para arbitrar o jogo da final da Liga Europa de futebol, que vai opor o Benfica aos ingleses do Chelsea, na quarta-feira, na Arena de Amesterdão.
Kuipers, de 40 anos e internacional desde 2006, vai contar com os compatriotas Sander van Roekel e Erwin Zeinstra, como assistentes, e Pol van Boekel e Richard Liesveld, como assistentes auxiliares, enquanto o alemão Felix Brych vai ser o quarto árbitro.
O juiz nomeado para a final de Amesterdão é natural de Oldenzaal, onde é proprietário de cabeleireiro, além de ser coproprietário de supermercados, e arbitrou recentemente a goleada do Borussia de Dortmund ao Real Madrid, por 4-1, da primeira mão das meias-finais da Liga dos Campeões.
O holandês, que é filho de um antigo árbitro, já dirigiu esta época a visita do Sporting de Braga aos italianos da Udinese, a contar para os "play-offs" da Liga dos Campeões (1-1).
Antes, Kuipers, que integrou o lote de árbitros de elite em 2009, dirigiu a goleada caseira do FC Porto ao Villarreal (5-1), nas meias-finais da edição de 2010/11 da Liga Europa, depois de já ter arbitrado a deslocação do Sporting de Braga ao terreno do Dínamo de Kiev (1-1), nos quartos de final da mesma competição.
Em 2009/10, Kuipers arbitrou a visita do Benfica a Liverpool, que os ingleses venceram por 4-1, para os quartos de final da Liga Europa.

Fonte: Jornal de Notícias

sexta-feira, 10 de maio de 2013

APAF exige demissão dos membros do CD da AF Coimbra


A APAF exige através do seu presidente, José Gomes, a demissão dos membros do Conselho de Disciplina da AF Coimbra, liderado por Vasco Castro e que tem Vítor Caridade o principal alvo, como um dos vogais da direção. Em conferência de imprensa, a APAF mostrou-se indignada com o castigo de 18 meses aplicado ao jovem árbitro Pinto Nunes por omissão de informação no relatório de um jogo de iniciados entre a Académica/OAF e a Académica/SF, realizado em fevereiro de 2012.

“É um processo pouco transparente, pouco sério e que levanta questões duvidosas. Nunca vi uma pena destas no futebol e acho que se trata de um ataque pessoal, pois o árbitro expulsou um jogador que é filho de um dos membros do Conselho de Disciplina”, revela José Gomes, apoiado pelos núcleos de árbitros do distrito.

O árbitro visado, representado pelo advogado Nuno Teodósio Oliveira, apresenta hoje formalmente o recurso ao castigo a que foi sujeito e, mesmo não se pronunciando sobre o caso devido ao segredo de justiça, acusa o CD da AF Coimbra de “faltar à verdade desportiva”.

Fonte: Record

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Confederações-2013: Pedro Proença nomeado pela FIFA

A FIFA nomeou o árbitro internacional português Pedro Proença para o lote de juízes que vão dirigir encontros da Taça das Confederações.

A prova, que se realiza entre 15 e 30 de junho no Brasil, serve de ensaio-geral para o Mundial que se realizará, no próximo ano, no «país irmão». 

Depois de ter dirigido a final do Euro-2012 e ainda a final da Champions 2012, Proença confirma-se como um dos árbitros de referência a nível mundial neste momento e partilhará, com o inglês Howard Webb, o privilégio de ser um dos dois árbitros europeus a estar presente naquela importante competição.

Proença foi, também, nomeado pelo Conselho de Arbitragem da FPF para dirigir o «clássico» F.C. Porto-Benfica deste sábado, partida decisiva para a atribuição do título nacional. 

A lista oficial só será divulgada a 13 de maio pela FIFA, mas ao que o Maisfutebol apurou, os restantes nomes a serem incluídos na Confederações são Diego Abal (Argentina), Enrique Osses (Chile), Yuichi Nishimura (Japão), Ravshan Irmatov (Uzbequistão), Joel Aguilar (El Salvador) e Djamel Haimoudi (Argélia). 

Presente no lote de 24 pré-selecionados pela FIFA para o Mundial-2014, Pedro Proença alimenta,também, fortes expetativas para estar no Brasil, no próximo ano.

Fonte: Mais Futebol

«Pedro Proença está tranquilo», diz presidente da APAF

José Gomes, presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), já deu os parabéns a Pedro Proença pela nomeação para o FC Porto-Benfica, tendo sentido o juiz lisboeta «tranquilo» com a missão que lhe foi confiada de dirigir o clássico no Estádio do Dragão.

«O Pedro [Proença] estará à altura dos acontecimentos e fará aquilo que sabe, que é arbitrar um jogo de futebol. Tenho a certeza que vai estar a um grande nível», vaticinou José Gomes, em declarações à Renascença.

«Já falei com ele. Desejei-lhe boa sorte e dei-lhe os parabéns por esta nomeação e pela responsabilidade que tem em ser o árbitro deste encontro, e pela confiança nele depositada», contou o dirigente, dando conta do estado de espírito de Pedro Proença depois de conhecer a decisão do Conselho de Arbitragem:

«Ele está tranquilo. É mais um jogo. Vai mexer com muitas emoções, mas é mais um jogo para ele desfrutar e dirigir com a competência que tem».


Fonte: A Bola

Pedro Proença é o árbitro do FC Porto-Benfica



Pedro Proença é o árbitro escolhido pelo Conselho de Arbitragem da FPF para dirigir o FC Porto-Benfica, que terá lugar no Estádio do Dragão, sábado às 20h30, como a TSF avançou.
Pedro Proença, nomeado para o decisivo jogo, terá, ainda, como assistentes Bertino Miranda e Tiago Trigo.
Esta época, para o campeonato, Pedro Proença já arbitrou dois jogos do FC Porto, em Setúbal (3-0 para os portistas) e na receção ao Sporting de Braga (triunfo por 3-1), e um do Benfica (visita ao Nacional que terminou 2-2).
Na época passada, Pedro Proença foi o juiz do jogo entre Benfica e FC Porto (21.ª jornada), que os dragões venceram por 3-2, resultado que lançou os portistas para a revalidação do título nacional.

Fonte: TSF

segunda-feira, 6 de maio de 2013

EUA: árbitro morre após agressão

Um árbitro de futebol morreu neste sábado à noite vítima de de lesões provocadas por uma agressão de um jogador de 17 anos, informou a polícia de Salt Lake City, Utah, nos Estados Unidos.

Ricardo Portillo esteve uma semana em coma depois de um futebolista lhe ter dado um murro na cabeça. O jogador discordou de um cartão amarelo mostrado pelo juiz de 46 anos.

O agressor foi detido e encontra-se num centro de detenção para menores, mas é provável que as autoridades o acusem de homicídio na sequência da morte de Portillo, de 46 anos.

As testemunhas do incidente afirmam que o árbitro estava a apontar o cartão amarelo quando o jogador o agrediu na cabeça, com um murro, de lado, num jogo de uma liga amadora.

Fonte: Mais Futebol

Balotelli vê cartão amarelo mostrado por colega de equipa (Video)

Balotelli marcou o golo da vitória do Milan sobre o Torino a seis minutos do fim e resolveu tirar a camisola para comemorar. Quando o árbitro Antônio Damato se preparou para advertir o italiano com o cartão amarelo, Muntari tirou o cartão das mãos do árbitro e mostrou-o ao colega. 

O árbitro não se mostrou muito aborrecido, esboçou um sorriso e, depois de recuperar o cartão, lá o mostrou a Balotelli.

domingo, 5 de maio de 2013

Platini quer gravar conversas dos árbitros

Michel Platini anunciou a intenção de avançar com uma proposta para que as conversas entre os cinco árbitros designados para os jogos da Liga dos Campeões e da Liga Europa sejam gravadas. O presidente da UEFA usou um exemplo bem concreto para justificar a ideia: Platini não consegue compreender que nenhum dos cinco árbitros no recente Bayern Munique-Barcelona tenha visto a falta de Thomas Muller sobre Jordi Alba antes de marcar um dos golos do clube alemão.

"Compreendo que um árbitro possa errar e não ter visto a falta de Muller. Mas, em três árbitros internacionais, não haver um que tenha visto é estranho. Se estivesse sozinho, admito que pudesse não ver, dois talvez, mas, com três árbitros, algum deveria ter visto. 

A partir do próximo ano, solicitarei ao secretário-geral [da UEFA] que nos nossos jogos, para os quais sejam designados cinco árbitros, as conversas entre eles sejam gravadas. Não acredito que um não tenha visto a falta. É impossível. Porquê? Quero saber", avisou Platini, à margem de uma conferência de Imprensa, em Lille, sobre o andamento do próximo Europeu, marcado para 2016. Sobre a final da Champions entre equipas alemãs, o presidente da UEFA não acha que seja um reflexo do domínio alemão. "É cíclico, não vou tirar conclusões", rematou.

Fonte: O Jogo