quarta-feira, 30 de setembro de 2009

APAF - VIII Encontro Nacional do Árbitro Jovem

Nos dias 2, 3 e 4 de Outubro de 2009 vai realizar-se o VIII Encontro Nacional do Árbitro Jovem, no Centro de Estágio de Rio Maior.
Este evento terá a participação de cerca de 6 dezenas de Árbitros de ambos os sexos, acompanhados por monitores e formadores das mais diversas áreas, que vão desde os Técnicos de Arbitragem aos especialistas em Educação Física e Psicologia do Desporto. Também a Comunicação Social participará activamente neste evento, através da moderação e apresentação do tema “A relação entre a comunicação social e a arbitragem”.
Estes encontros, iniciados em 2001, têm sido uma mais-valia no desenvolvimento intelectual, físico e cultural dos potenciais talentos da arbitragem, pretendendo igualmente ser um activo contributo para o enriquecimento da cultura desportiva dos participantes.
Este evento inclui-se no Programa Anual de Actividades da APAF, estando alinhado com um dos pilares estratégicos da actual Direcção – a Formação - e tem sido determinante na qualificação dos Jovens Árbitros Portugueses, ao mesmo tempo que os motiva a continuar e consolidar a sua presença no mundo da Arbitragem.Em anexo, encontra-se o programa deste evento.
Anexo - Programa do Evento

Blatter quer o fim das "paradinhas"

O presidente da FIFA, Joseph Blatter, quer acabar com a "paradinha" nas grandes penalidades, por considerar que esse recurso utilizado pelos avançados é "jogo incorrecto" e quem o fizer pode arriscar-se a ser punido com cartão amarelo. Segundo Blatter: "É um artifício mais sujo do que a simulação de um penalty.
"Blatter está no Brasil, a participar numa reunião do Comité Executivo e anunciou que o assunto será analisado na próxima reunião do International Board (entidade que regulamenta as leis do futebol) a 20 de Outubro, na Suíça, e que depois disso será emitida uma nota para todas as federações de forma a que não restem mais dúvidas ou interpretações erradas sobre este caso.

in: Blog "Futebol o desporto rei"

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Nomeações da 7ª jornada da Liga Portuguesa de Futebol

Clique na imagem para aceder à nomeações

Olegário Benquerença com nova nomeação no Mundial Sub-20

O internacional português, Olegário Benquerença, que se encontra no Egipto para participar no Campeonato do Mundo de Sub-20, foi nomeado para dirigir, amanhã, dia 30, o jogo Emirados Árabes Unidos - Honduras do grupo F desta competição.

Presidente da APAF considera infelizes as declarações de Paulo Bento

Luis Guilherme diz em Bola Branca, que as mesmas devem serem punidas pela Comissão Disciplinar da Liga
O presidente da APAF considera infelizes as declarações de Paulo Bento, que diz, devem ser punidas pela Comissão Disciplinar da Liga. Só caso o órgão presidido por Ricardo Costa, não actue em tempo útil, é que Luís Guilherme admite denunciar o comportamento do treinador do Sporting, mas sempre após uma conversa com o árbitro Duarte Gomes, que é associado da APAF.
Segundo Luís Guilherme, o árbitro Duarte Gomes realizou um trabalho positivo no jogo de sábado passado no Dragão, considerando por isso, exageradas as críticas produzidas por elementos ligados ao Sporting.
in: Renascença

Nicola Rizzoli apita o FC Porto - Atl. Madrid

O árbitro italiano, Nicola Rizzoli, foi nomeado pela UEFA para o jogo, desta quarta-feira, entre o FC Porto e o Atlético de Madrid, referente à segunda jornada do Grupo D da Liga dos Campeões.
Rizzoli tem 37 anos e vai ter como assistentes, Cristiano Copelli e Renato Faverani, enquanto Daniele Orsato será o quarto árbitro.
Recorde-se que o encontro entre o FC Porto e o Atlético de Madrid, da segunda jornada do Grupo D da Liga dos Campeões, realiza-se esta quarta-feira, a partir das 19:45, no Estádio do Dragão.

Sandra Bastos no Apuramento do Campeonato do Mundo Feminino

A árbitra lusa, Sandra Bastos, foi nomeada para actuar no jogo de Apuramento do Campeonato do Mundo Feminino “Irlanda Norte/Islândia”, no próximo dia 28 de Outubro.
A árbitra de Aveiro será coadjuvada pelos árbitros assistentes, Alfredo Braga e Marlene Vieira.

Sugestão: Blog ARBIFUTE com nova imagem

RefereeTip tem o prazer de voltar a sugerir, a todos os que querem acompanhar a realidade da arbitragem portuguesa e não só, um blog que consideramos uma referência no panorama da blogosfera dedicada à arbitragem - ARBIFUTE.
Este blog nosso parceiro modificou agora a sua imagem e merece portanto a sua visita.
Clique na imagem para visitar Arbifute.

Médico FIFA quer agravar sanções para faltas violentas

Michel DHooghe, chefe do departamento médico da FIFA, quer que os árbitros apertem o cerco aos jogadores que fazem faltas violentas durante as partidas. Os treinadores também devem tomar medidas para prevenir esse tipo de conduta, segundo o responsável.
«Algumas das faltas provocam arrepios na nossa espinha», lembra o médico, em declarações à Associated Press. Ao longo dos últimos dois anos, Michel DHooghe tem recolhido imagens, produzindo um DVD com algumas das piores faltas. DHooghe defende que as faltas por trás e a utilização dos cotovelos deveria redundar automaticamente em cartões vermelhos.

Irlandês Alan Kelly arbitra Portugal-Malta

O irlandês Alan Kelly foi o árbitro escolhido pela UEFA para dirigir Portugal-Malta, último jogo da Seleção Nacional no Grupo 1 da qualificação europeia para o Mundial'2010.
Na partida que se realiza a 14 de outubro, às 19:45, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, Kelly será auxiliado por Marc Douglas e Kenneth Hennessy, enquanto Anthony Buttimer é o quarto árbitro.
Antes, no dia 10, Portugal vai defrontar a Hungria, no Estádio da Luz (20:45), com arbitragem do luxemburguês Alain Hamer, auxiliado por François Mangen e Christian Holtgen. Luc Wilmes será o quarto árbitro.

domingo, 27 de setembro de 2009

Duarte Gomes em jogo de qualificação para o Europeu de Sub-21

O árbitro luso, Duarte Gomes, foi nomeado pela UEFA para dirigir o encontro de qualificação para o Campeonato da Europa de Sub-21 entre a Itália e a Bosnia-Herzegovina, a realizar no dia 13 de Outubro. O árbitro lisboeta será assistido por Serafim Nogueira e Sérgio Serrão. Paulo Batista será o quarto árbitro da partida que terá lugar na cidade transalpina de Mantova.

sábado, 26 de setembro de 2009

Hoje no Mundial Sub-20: Olegário no Inglaterra - Uruguai

O internacional português, Olegário Benquerença, que se encontra no Egipto para participar no Campeonato do Mundo de Sub-20, foi nomeado para dirigir, no próximo sábado, dia 26, o jogo Inglaterra - Uruguai a contar a 2ª jornada do grupo D desta competição.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Luís Guilherme: "Duarte Gomes tem condições"

"Se Duarte Gomes não tivesse condições psicológicas para apitar o clássico seria o primeiro a reconhece-lo não é o caso, o árbitro de Lisboa está pronto para o Sporting." Quem o garante é Luís Guilherme o presidente da APAF.


Clique para ouvir as palavras de Luís Guilherme à Rádio Renascença:
"Duarte Gomes tem condições"
"
Há sempre incidentes"

Duarte Gomes está como o aço!

Duarte Gomes está "tranquilo" e com uma "enorme vontade de fazer uma grande arbitragem", garantiram a Record pessoas do círculo próximo do árbitro que vai dirigir amanhã o FC Porto-Sporting no Dragão.
O juiz de Lisboa, de 36 anos, não ficou obviamente insensível à polémica que gerou a sua nomeação mas em momento algum se confessou condicionado nem tão-pouco manifestou qualquer constrangimento ou receio por ter a responsabilidade de dirigir o clássico.
Impedido
Na base da contestação leonina à escolha de Duarte Gomes está, como é sabido, o episódio com o treinador de guarda-redes do Sporting, Ricardo Peres, antes do jogo da 28.ª jornada com o V. Setúbal, em Alvalade, a 9 de maio.
O processo que se seguiu em sede da Comissão Disciplinar, após queixa apresentada pelos leões, impediu que Duarte Gomes voltasse a dirigir jogos do Sporting.
A partir do momento em que o órgão disciplinar da Liga tomou uma decisão - arquivou o processo -, o árbitro voltou a ser opção para o presidente da Comissão de Arbitragem.
Manter o seu impedimento até haver uma resposta ao recurso entretanto apresentado pelo Sporting ao Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol, e atendendo ao tempo que aquele órgão federativo demora a decidir processos, poderia significar que Duarte Gomes poderia estar mais cinco meses sem arbitrar os leões...
Internacional
Um dos pressupostos que Vítor Pereira estabeleceu para a nomeação do árbitro do FC Porto-Sporting não oferecia qualquer objeção: tinha de ser internacional.
Entre os nove disponíveis, havia condicionantes que aconselhavam a eliminação de alguns nomes, sendo que a sua maioria era "imposta" por queixas sportinguistas. Nomes como João Ferreira, Paulo Costa, Lucílio Baptista e Bruno Paixão não seriam bem acolhidos pelos leões, assim como Carlos Xistra não é propriamente um árbitro benquisto pelos portistas. Com Olegário Benquerença no Mundial de Sub-20, Pedro Proença impedido pelo regulamento (foi o árbitro do Sp. Braga-FC Porto) e Jorge Sousa "marcado" por um penálti polémico que envolveu um dos rivais (Benfica), ficaram assim reunidas as condições para Duarte Gomes ver a sua candidatura reforçada.
O facto de se encontrar em bom momento e de obedecer aos critérios previamente estabelecidos fizeram de Duarte Gomes uma escolha lógica para Vítor Pereira, independentemente das circunstâncias que o colocaram no centro da contestação leonina.
In: Record

Lucílio Baptista no Inglaterra - Bielorússia para o Mundial

Mais um árbitro português nomeado para dirigir um jogo da fase de qualificação para o Campeonato do Mundo África do Sul 2010.
O árbitro da AF de Setúbal, Lucílio Baptista, será assistido por João Santos e Venâncio Tomé. João Ferreira será o quarto árbitro do jogo entre Inglaterra e Bielorrússia que terá lugar em Londres (Estádio Wembley) no dia 14 de Outubro.

Pedro Proença nomeado para jogo de apuramento para Mundial 2010

O árbitro da AF de Lisboa, Pedro Proença, foi nomeado para dirigir o encontro entre França e Áustria, no Stade de France, em Paris, no dia 14 de Outubro.
José Trigo e José Ramalho serão os árbitros assistentes e Jorge de Sousa o quarto árbitro.

Árbitro luxemburguês para Portugal - Hungria

O jogo da Selecção Nacional diante da Hungria, de qualificação para o Campeonato do Mundo África do Sul 2010, agendado para o dia 10 de Outubro, pelas 20h45, no Estádio da Luz será dirigido pelo árbitro luxemburguês Alain Hamer.
A equipa de arbitragem, também do Luxemburgo, é composta também pelos árbitros assistentes, François Mangen e Christian Holtgen, e pelo quarto árbitro , Luc Wilmes.

Sandra Bastos nomeada para Liga dos Campeões Feminina

A árbitra lusa, Sandra Bastos, foi nomeada pela UEFA para arbitrar o encontro entre o Duisburg (Alemanha), vencedor da última edição da prova, e o Universitet Vitebsk (Bielorrússia), referente à segunda-mão dos 16 avos-de-final da Liga dos Campeões Feminina.
A partida está agendada para o próximo mês de Outubro (dia 7) e contará igualmente com o contributo de Serafim Nogueira e Ana Brites, na condição de árbitros assistentes.

Guarda-redes apanhado a reduzir tamanho da baliza...

A baliza defendida por Kim Christensen, do IFK Gotemburgo, é mais pequena que a dos adversários. Ou melhor, a distância entre os postes diminui (literalmente) quando o guarda-redes do líder da Liga sueca e finalista da Taça está a jogar. Isto porque Christensen... empurra as bases das balizas para dentro.

O truque foi descoberto pelo árbitro Stefan Johannesson, durante o jogo com o Orebro, e filmado pelas câmaras do Canal Plus, que confrontou o guarda-redes. «Sim, já fiz isto antes», respondeu Christensen, acrescentando que nunca tinha sido apanhado.
Aos 20 minutos, o juiz interrompeu o encontro e colocou os postes no seu devido lugar. Uma vez que não viu quem tinha movido os postes, Johannesson não puniu Christensen que, mais tarde, admitiu "fazer batota". O Conselho de Disciplina está a investigar o caso e o guarda-redes ainda poderá ser punido.
Ao intervalo o guarda-redes tinha sempre o cuidado de voltar a colocar os postes na posição correcta. Mas o esquema não ficava por aqui. Tobias Hysén, avançado do Gotemburgo, admitiu que os colegas conheciam o esquema, que também era usado em benefício dos atacantes. Como? Alargando o espaço entre os postes da baliza contrária, deixou transparecer o sueco, em declarações reproduzidas pela «Eurosport».
A seis jornadas do fim do campeonato o Gotemburgo lidera a tabela classificativa. A formação sueca não sofreu golos em metade dos 28 encontros disputados esta época.

In: TVI24

Bruno Paixão nomeado para o Celtic - Rapid Viena da Liga Europa

O árbitro internacional português, Bruno Paixão, foi nomeado para dirigir o jogo entre Celtic e Rapid Viena, que se realiza a 1 de Outubro no Celtic Park, relativo à segunda jornada do Grupo C da Liga Europa.
O juiz, da AF Setúbal, será coadjuvado por Venâncio Tomé e Sérgio Serrão (árbitros auxiliares), por João ferreira e Bruno Esteves (assistentes de campo) e ainda por Marco Ferreira (quarto árbitro).

Árbitros para jogos de Benfica, Sporting e Nacional na Liga Europa

O belga Serge Gumienny foi o árbitro nomeado pela UEFA para dirigir o Sporting-Hertha de Berlim, da Liga Europa. O juiz terá como assistentes Mark Simons e Joël De Bruyn no jogo da 2ª jornada do Grupo D.
O Benfica desloca-se a Atenas, para defrontar o AEK, num jogo apitado por Stefan Johannesson, da Suécia. Mathias Klasenius e Joakim Flink completam o trio de arbitragem da partida do Grupo I.
O Áustria Viena-Nacional, do Grupo L, será dirigido por uma equipa de arbitragem francesa, comandada por Tony Chapron. Emmanuel Boisdenghien e Johann Perruaux serão os árbitros assistentes.
Os jogos da Liga Europa realizam-se na próxima quinta-feira, dia 1 de Outubro.

Mais árbitros para melhor decidir...

Proposta dos Gato Fedorento à FIFA...

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

I Congresso Internacional de Arbitragem - Inscrições Abertas















A APAF está a aceitar inscrições de participação no I Congresso Internacional de Arbitragem a realizar nas Caldas da Rainha nos dias 21 e 22 de Novembro. Clique na imagem para aceder à ficha de inscrição.

Massimo Busacca... Direito de defesa!

O árbitro suíço reagiu violentamente contra as imagens que alegadamente querem parecer que o juiz está a urinar em pleno relvado durante um jogo no Catar. Massimo Busacca realçou que é uma «campanha» contra ele e que tudo não passa de uma «invenção».
«É um disparate, uma loucura. Não tenho nem ideia de onde saíram essas imagens, mas na realidade é que no vídeo não se vê nada», afirmou Busacca.
O árbitro suíço abordou outra polémica que está envolvido e reconheceu que esteve errado ao fazer um gesto obsceno para os adeptos durante o jogo FC Baden-Young Boys, relativo à primeira eliminatória da Taça da Suíça: «O gesto que fiz foi um erro e vou cumprir o castigo, mas estas imagens não têm fundamento e são uma invenção. Estão a fazer uma campanha contra mim com a intenção de denegrir a minha imagem.»

E temos de admitir... estas imagens não fazem sentido nenhum para se acusar alguém!

Olegário no Mundial Sub-20: Inglaterra - Uruguai

O internacional português, Olegário Benquerença, que se encontra no Egipto para participar no Campeonato do Mundo de Sub-20, foi nomeado para dirigir, no próximo sábado, dia 26, o jogo Inglaterra - Uruguai a contar a 2ª jornada do grupo D desta competição.
O jogo terá transmissão na Eurosport pelas 20h30.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Duarte Gomes no FC Porto - Sporting CP

O jogo entre FC Porto e Sporting, a contar para a 6ª jornada da Liga, vai ser dirigido por Duarte Gomes. O árbitro da AF Lisboa será auxiliado pelos assistentes Venâncio Tomé e José Lima.
Duarte Gomes esteve recentemente ligado a um caso num jogo do Sporting, quando, antes da partida com o Vitória de Setúbal, teve uma acesa discussão com o treinador de guarda-redes dos "leões", acabando por empurrar Ricardo Peres.
A Comissão Disciplinar da Liga Portuguesa de Futebol Profissional absolveu Duarte Gomes, mas o Sporting recorreu para o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol, que ainda não se pronunciou.
O árbitro de 36 anos já dirigiu na presente época desportiva dois jogos da I Liga e um da II Liga, tendo arbitrado o Benfica 8-1 Setúbal, Sporting Braga 1-0 Académica e o Portimonense 2-1 Beira-Mar da II Liga.
O clássico realiza-se já no próximo sábado, 26 de Setembro, às 19h15, no Estádio do Dragão.
Por seu lado, o líder Sporting de Braga visita sexta-feira o Olhanense, numa partida que será dirigida pelo portuense Jorge Sousa, enquanto o lisboeta João Capela estará sábado na partida entre Benfica e Leixões no Estádio da Luz.

João Almeida no Mundial de Futebol de Praia do Dubai

Contando com mais de 18 anos de experiência no mundo da arbitragem, João Almeida prepara-se para actuar no Campeonato do Mundo de Futebol de Praia Dubai 2009, no mês de Novembro.
Encarando a nomeação como uma prova de confiança, o árbitro natural de Lisboa revela uma responsabilidade acrescida por se tratar da sua última prova internacional. "Quando somos nomeados para representar Portugal, sentimos uma alegria e um orgulho enormes, é uma prova do nosso valor. Por outro lado, sentimos o peso da responsabilidade, porque estamos a representar um país e todas as falhas poderão ser associadas à nossa arbitragem. Este, por se tratar do meu último Campeonato do Mundo, tem um nível de responsabilidade ainda maior, porque quero terminar em alta, deixar uma boa imagem e provar o valor da nossa arbitragem".
Árbitro internacional desde 2001, João Almeida, que já passou pelo Futebol e Futsal, admite que a paixão pelo Futebol de Praia tem sido a sua verdadeira motivação. "Tive oportunidade de apitar jogos de Futebol e de Futsal, mas apaixonei-me pelo Futebol de Praia e desde então que me dediquei à modalidade. Morava nas Caldas da Rainha quando comecei a apitar os torneios particulares que decorriam na Foz do Arelho e nunca mais deixei o Futebol de Praia. É uma modalidade que desperta emoções fortes e quem gosta, gosta a 100%, por isso o Futebol de Praia é a minha verdadeira motivação".
Com 44 anos, o juíz luso afirma ter bastantes planos para quando se retirar da arbitragem, tendo como principal objectivo profissional contribuir para o desenvolvimento da modalidade. "O meu lema sempre foi dar o máximo para conseguir desenvolver o Futebol de Praia, dar 100% em tudo aquilo que faço em prol da modalidade e assim será quando me retirar. Em princípio, continuarei ligado à FIFA como instrutor, mas acima de tudo gostaria de contribuir para o projecto de um Campeonato Nacional de Futebol de Praia", explicou.
No que toca à prestação da formação lusa neste Mundial, João Almeida diz-se dividido entre a satisfação profissional e o orgulho de ver Portugal a conquistar o título. "Já estive em duas finais de Campeonatos do Mundo e, apesar de encarar todas as provas de forma igual, actuar nesta teria certamente um sabor diferente, mas para isso Portugal não poderia ser um dos finalistas. Quando penso no orgulho de ser português e a importância de conquistar um título tão importante, tenho de esquecer a satisfação profissional", concluiu.
O Campeonato do Mundo Dubai 2009 decorrerá entre os dias 16 e 22 de Novembro e Portugal disputará um lugar na final diante das formações dos Emirados Árabes Unidos, Uruguai e Ilhas Salomão.

Golo com a mão? Ainda não viu nada...

De futuro, quando se falar de golos com a mão, Wellington Silva merece uma referência. Há muitos lances duvidosos, há a famosa mão de Deus de Maradona, e depois há isto.
Está à vista de todos a forma como o jogador do Paraná introduz a bola na baliza. De todos, menos do árbitro. Charles Hebert Cavalcante Ferreira achou que estava tudo bem, apesar de ter sido alertado pelo auxiliar, e validou o lance, que deu ao Paraná a vitória sobre o Ceará, em jogo da 25ª jornada da Série B do Brasileirão.
Três horas depois do incidente, o árbitro foi suspenso por três meses pela Comissão Nacional de arbitragem. Não volta a apitar este ano. Mas a polémica continua, e o Ceará quer mesmo ver o jogo anulado, face ao erro grosseiro que o decidiu.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Busacca castigado por gesto irreflectido!


O suíço Massimo Busacca, árbitro que apitou a final da última Liga dos Campeões, foi suspenso pela ASF (Associação Suíça de Futebol) por três jogos, isto porque fez gestos obscenos para a bancada durante o jogo que opôs o Baden ao Young Boys, no passado sábado, jogo da Taça da Suíça.
Tudo aconteceu quando alguns adeptos do Baden, da terceira divisão, invadiram o campo, após inaugurarem o marcador, seguindo-se provocações ao árbitro suíço, este não se conteve e espetou o dedo do meio, o mesmo é dizer que fez um "manguito". O acto passou despercebido na televisão mas foi flagrado por um repórter do jornal suíço SonntagsBlick.
O jogo viria a terminar com a reviravolta do Young Boys, que viriam a vencer por 3-1.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Luz verde para o regime fiscal?

Na continuação da reunião realizada no dia 2, voltaram a reunir, no dia 11 de Setembro de 2009, no auditório da AF Leiria, a APAF e os Conselhos de Arbitragem Distritais, estando também presente o Dr. António Sérgio, Presidente da Direcção da CAJAP.
Na referida reunião foi feito o ponto de situação sobre a questão do regime Fiscal aplicado ao sector da arbitragem, que está a causar grandes transtornos aos árbitros e juízes das várias modalidades, que tem levado muitos elementos a abandonar a sua actividade.
De acordo com informações prestadas pela Secretaria de Estado do Desporto, está para sair uma portaria conjunta com a Secretaria de Estado dos Assuntos Fiscais, que poderá resolver parte da grave situação existente.
Na referida reunião foi então decidido aguardar pela publicação da portaria, em tempo útil, esperando que o conteúdo da mesma possa dar resposta a este problema, ficando prevista nova reunião caso a situação não fique resolvida.
Todos os árbitros e dirigentes da arbitragem estão concentrados na decisão da publicação da portaria referente ao novo regime fiscal, pois caso o novo regime fiscal não corresponda às expectativas e pretensões de todos nós....GREVE GERAL DE TODOS OS ÁRBITROS PORTUGUESES!!!

In: Apito de Lata

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Questionário Académico de Investigação sobre a Imagem do Árbitro de Futebol de 11

Divulgamos um pedido que nos foi endereçado por um colega:

Caro fã do Futebol
Sob a orientação do Prof. Pedro Dionísio, director do Mestrado de Marketing Desportivo do INDEG/ISCTE, e do Dr. Vitor Pereira, presidente da Comissão de Arbitragem da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), estou a realizar um trabalho de investigação sobre a imagem da arbitragem no futebol em Portugal.
Esta investigação encontra-se inserida no Protocolo efectuado entre o ISCTE-Instituto Universitário de Liboa e a LPFP.
Nesta fase do trabalho, o objectivo é obter informação que possa sustentar a opinião dos adeptos face à arbitragem e, após tratamento estatístico, identificar atributos-chave relevantes para uma imagem do árbitro que possa, de facto, valorizar a modalidade.
Com este propósito, gostaria de pedir a sua colaboração para o preenchimento do questionário que encontrará em http://www.zoomerang.com/Survey/?p=WEB229JFJWJ9J5
A opinião e a sensibilidade dos verdadeiros fãs de Futebol é de extrema importância para que este trabalho possa ter resultados conclusivos e de futura aplicação. Apelo, por isso ao seu interesse e entusiasmo pelo desporto e, particularmente, pelo futebol.
Agradeço, desde já, a sua colaboração, certo de que se trata de 5 a 10 minutos que irão contribuir para o bem do desporto. No final do trabalho, caso pretenda, ser-lhe-á enviada uma síntese dos resultados obtidos.
Saudações Desportivas
Henrique Martins
Mestrando de Marketing no ISCTE

Árbitro interrompe jogo porque o seu carro foi assaltado!

O altifalante do estádio em que jogavam Jumilla e Puente Tocinos, equipas da terceira divisão da Espanha, anunciou: “O proprietário do Audi A4 placa 9253 MVC deve entrar em contacto com a polícia local”. Mas o dono era nada mais nada menos que o árbitro Madrigal Soria, que interrompeu a partida por oito minutos para resolver a situação.
Resolvidos os problemas com a polícia, Madrigal reiniciou a partida. O resultado? Vitória do Jumilla por 2 a 1.

Olegário Benquerença: "Quero estar no Mundial de 2010"

“A minha grande ambição é estar no Mundial de 2010”
Entrevista de Olegário Benquerença ao Diário de Leiria

Diário de Leiria (DL): Quais são as suas ambições a curto prazo?
Olegário Benquerença (OB): Sem dúvida é estar incluído no lote dos árbitros que vão estar no Mundial de África do Sul, em 2010.
DL: Como está a decorrer a época?
OB: A época está a ser programada exactamente para concretizar esse objectivo de estar na África do Sul, obedecendo a um planeamento físico, mental e técnico de acordo com o estipulado pela FIFA. Assim, irei estar brevemente no Campeonato do Mundo de sub/20 no Egipto, última etapa do processo de selecção tendo em vista o mundial de 2010.
DL: Como analisa as chamadas para dirigir jogos internacionais?
OB: A minha participação regular nos jogos das competições internacionais é uma consequência natural do facto de pertencer ao grupo de elite da FIFA e da UEFA. Desde que o nível exibicional seja elevado as chamadas tornam-se naturais.
DL: Então, tem alguma lógica aquilo que alguns comentadores afirmam que é melhor árbitro no estrangeiro que em Portugal?
OB: Por princípio, não faço comentários sobre o desempenho profissional de uma área para a qual não tenho formação. Da mesma forma que não reconheço capacidade técnica a algumas pessoas que se pronunciam sobre a arbitragem.
DL: O acompanhamento da vertente física e psicológica tem sido importante?
OB: Sem dúvida. Além de ser uma questão essencial na preparação de qualquer atleta, é uma necessidade para quem está em competições de alto nível. A FIFA investiu muito na preparação de árbitros para o Mundial da África do Sul e todo o trabalho efectuado é monitorizado pelos técnicos daquele organismo.
DL: Como é feito esse acompanhamento?
OB: Estamos ligados através de uma plataforma informática na qual são colocados os programas de treino físico, técnico e mental que realizo. Todos os meses os técnicos das respectivas áreas elaboram relatórios e fazem-nos chegar à FIFA.
DL: Quantas horas treina semanalmente?
OB: Somando as diferentes vertentes, posso atingir entre as 10 e 12 horas por semana.
DL: É apologista da profissionalização dos árbitros?
OB: Nessa matéria só falta legislar e remunerar de forma profissional. A atitude e a entrega de cada um de nós é já há alguns anos totalmente profissional.
DL: Considera ‘fiteiros’ os jogadores portugueses?
OB: Não são fiteiros. A prova disso é que no estrangeiro são iguais ou melhores que os outros. Também acontece com os árbitros. Assim, basta irmos à procura das causas dessa mudança comportamental.
DL: Qual foi o período mais difícil que teve como árbitro?
OB: Felizmente e até hoje, não passei nenhum período de grande dificuldade. A morte do Fehér, é algo que jamais posso esquecer.
DL: Dos jogos que já dirigiu qual foi aquele que melhores recordações lhe deixou?
OB: Felizmente, não é fácil eleger um jogo, pois já tive o privilégio de dirigir diversos jogos de grande nível. Citar um é desconsiderar todos os outros que me deram enorme prazer em dirigir. Espero, porém, ainda não ter arbitrado o jogo mais importante da minha carreira.
DL: Como convive com a crítica?
OB: Aceito-a como uma inevitabilidade da exposição mediática da minha função. A crítica negativa não me abate, da mesma forma que a positiva não me envaidece. Estou aberto a ver na crítica uma oportunidade de uma melhoria futura.

sábado, 5 de setembro de 2009

Pedro Proença nomeado para liga dos Campeões

O árbitro internacional, Pedro Proença irá dirigir um jogo da Liga dos Campeões no próximo dia 15 ou 16 de Setembro.
O árbitro de Lisboa será coadjuvado pelos árbitros assistentes, Tiago Trigo de Lisboa e José Ramalho de Vila Real. O árbitro Hugo Miguel, prestará as funções de quarto árbitro.
in: APAF

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Suiço e Francês nos jogos da selecção portuguesa

O suíço Massimo Busacca e o francês Stephane Lannoy são os árbitros que vão dirigir os decisivos desafios de Portugal na Dinamarca e Hungria, respectivamente, do Grupo 1 apuramento para o Mundial de futebol de 2010.
A 05 de Setembro, em Copenhaga, Busacca, que dirigiu a final da última Liga dos Campeões, vai ser auxiliado pelos compatriotas Mathias Arnet e Francisco Buragina, enquanto Jerome Laperriere será o quarto árbitro.
Quatro dias depois, Lannoy vai arbitrar o Hungria-Portugal em Budapeste, coadjuvado por Eric Dansault e Laurente Ugo, enquanto Fredy Fautrel será o quarto árbitro.

Encontro de árbitros em Nyon

Os principais árbitros europeus reuniram-se esta semana na sede da UEFA, em Nyon, no seu habitual encontro anual de Verão.
Encontro
Trinta e seis árbitros de elite e primeira categoria reuniram-se com membros do Comité de Arbitragem da UEFA, também eles antigos juízes internacionais de grande experiência, para analisar a segunda metade da época passada e preparar a presente temporada, na qual os árbitros irão apitar jogos da UEFA Champions League e da fase de qualificação para o Campeonato do Mundo.
"Trabalho notável"
O presidente do Comité de Arbitragem da UEFA, Angel María Villar Llona, elogiou o trabalho dos árbitros. "Quero agradecer a todos pelo trabalho notável realizado ao longo da época passada, que teve muitos jogos complicados", afirmou Villar Llona. "Temos aqui a nata da arbitragem, com muita experiência acumulada. Estes cursos foram concebidos para que continuem a aprender e a melhorar".
Experiência
O presidente do Comité de Arbitragem explicou a experiência que decorrerá na fase de grupos da UEFA Europa League, com dois árbitros assistentes adicionais. "A experiência tem como objectivo avaliar o potencial de evolução da modalidade através de uma maior supervisão da grande área e das suas proximidades - zonas decisivas do campo", explicou. "É uma experiência que vale a pena". Clique aqui para mais detalhes.
Teoria
O trabalho teórico, que se centra na análise de situações de jogo e em tópicos como a consistência das decisões, incidentes na grande área, gestão das situações de campo e trabalho de equipa com os árbitros assistentes e o quarto árbitro, decorreu em debates de grupo com os juízes e resultou num "feedback" precioso para os especialistas de arbitragem da UEFA. Aos árbitros foi pedido que sejam particularmente consistentes no processo de tomada de decisões e que protejam os jogadores, não dando mostras de tolerância no que toca à protecção da integridade física dos atletas. Foi também pedido que sejam veementes nas faltas dentro da área nos lances de bola parada, assim como em caso de actos de indisciplina, para ajudar a proteger a imagem da modalidade.
Provas físicas
Os árbitros realizaram os testes físicos habituais sob a orientação do especialista da UEFA, Werner Helsen, nos Estádio Colovray, junto à sede da UEFA em Nyon. Os 24 árbitros assistentes nomeados para os próximos torneios da FIFA também se submeteram às provas físicas.

In: UEFA.com

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Árbitras portuguesas em competições da UEFA

De 18 a 25 de Setembro, as árbitras lusas, Sandra Bastos e Soraia Teles (árbitra-assistente), marcarão presença nos jogos do Grupo 5 da primeira pré-eliminatória do Campeonato da Europa Feminino Sub-19. Neste grupo encontram-se as formações da Holanda (país anfitrião da prova), Israel, Lituânia e Polónia.
Recorde-se que a Equipa das Quinas está inserida no Grupo 11, juntamente com as formações da Islândia, Roménia e Suíça, e estará em prova nesta mesma altura.
No mês seguinte, de 11 a 18 de Outubro, Márcia Pejapes e Sílvia Domingos (árbitra assistente) entram em acção na primeira fase de apuramento para o Campeonato da Europa Feminino Sub-17. As árbitras lusas apitarão os jogos do Grupo 3, onde se encontram a Croácia, Grécia, Hungria (anfitrião da fase de apuramento) e Noruega.
in: nFPF

Árbitros e juízes portugueses ameaçam greve...

Os árbitros dos distritais de futebol e de mais oito modalidades ameaçaram hoje recusar-se a dirigir jogos a nível nacional, caso o Governo não recue no despacho que pretende tributá-los para efeitos de IRS e Segurança Social.
Essa ameaça foi assumida pela Confederação das Associações de Juízes e Árbitros de Portugal (CAJAP), em conferência de imprensa realizada em Lisboa, com os seus responsáveis a dizerem-se dispostos a "ir à luta" para reverter o que consideram ser "uma tremenda injustiça".
A CAJAP refere que os árbitros das Ligas profissionais de futebol, que descontam como qualquer profissional de outra actividade, e da FPF, "estão imbuídos do mesmo espírito e dispostos a assumir uma posição colectiva de solidariedade", que se poderá traduzir "na indisponibilidade para dirigir jogos das competições profissionais", conduzindo à paragem temporária das mesmas.
Em causa está a pretensão do Governo em alterar a norma de IRS que isenta deste imposto os agentes desportivos não profissionais, nomeadamente praticantes, juízes e árbitros, até ao montante máximo anual correspondente a cinco vezes o valor da retribuição mínima mensal garantida.
Segundo a CAJAP, o Governo pretende impor apenas aos árbitros do futebol distrital e das modalidades um limite de idades até aos 25 anos, que pode ser alargado até aos 30 anos se um árbitro tiver começado a carreira mais tarde, para usufruto da isenção de tributação do IRS e dos descontos para a Segurança Social.
Ou seja, os árbitros com idade superior ao limite acima referido serão taxados tal como os árbitros das Ligas Profissionais ou qualquer outro profissional liberal, violando, segundo a CAJAP, o espírito da Lei nº 127 B/97 de 20 de Dezembro, na qual os árbitros foram pela primeira vez citados como pessoas passíveis de sujeição a IRS.
Para a CAJAP, representada na conferência de imprensa pelos presidentes da direcção, António Sérgio, da Assembleia Geral, Rui Valente, e pelo secretário António Sobral, "o espírito da Lei seria justamente o de aplicar apenas aos árbitros da Ligas profissionais, que tinham nascido dois anos antes, esse imposto".
António Sérgio adiantou que o Despacho Conjunto que o Governo se apresta para regulamentar deixa de fora do benefício do Regime de Bolsas (que determina a não-tributação até ao montante de cinco salários mínimos nacionais) uma larguíssima fatia dos árbitros e outros agentes desportivos da arbitragem como os chamados observadores.
Referiu ainda considerar "uma aberração" a pretensão do Governo, como se pretendesse "salvar o orçamento do Estado com o que 2 000 árbitros vão auferir", alertando para o facto das federações terem de passar a pagar 22,5 por cento de Segurança Social dessas verbas.
"São as próprias federações, sobretudo as mais pequenas, que estão em causa", avisou António Sérgio, para quem o Governo se apresta para violar o princípio da igualdade entre atletas, treinadores e árbitros, para discriminar negativamente em função da idade e para violar o código de IRS, cujo artigo 12ª nº 5 alínea b) é aplicável a todos os agentes desportivos da arbitragem e não apenas a alguns árbitros.
Na prática, acrescenta António Sérgio, gera-se "uma desigualdade entre árbitros", com mais benefício para "os das federações desportivas com maior poder financeiro do que para os das demais federações e associações distritais e regionais", cuja economia familiar "não depende do que recebem da arbitragem".
Lembra, ainda, as verbas exíguas recebidas pelos árbitros do futebol distrital e das modalidades têm uma isenção de imposto até 2 250 euros anuais, incluindo nesse "bolo" os gastos com combustível e alojamento, "o que não faz sentido", e que o Governo pretende ainda introduzir no novo Despacho que "o valor remanescente a esse limite seja abrangido pela categoria A do código de IRS", outro aspecto com o qual "não se concorda".
Finalmente, António Sérgio promete avançar com a realização em breve de reuniões consecutivas, primeiro em Lisboa, seguidamente no Porto e em outros pontos do país, para discutir esta questão que "põe em causa o futuro da arbitragem" e avançar, eventualmente, com medidas drásticas caso o "bom senso" não impere por parte do Governo.
A propósito do Executivo, António Sérgio sublinha o desentendimento entre as secretarias de Estado da Juventude e Desporto, cuja sensibilidade para as questões em causa é inquestionável, e dos Assuntos Fiscais, que quer limitar os direitos dos árbitros em função da idade.
A Secretaria de Estado de Desporto "só não pode manifestar publicamente o seu desacordo por solidariedade governamental", refere, antes de apelar à intervenção José Sócrates no sentido de "resolver este diferendo entre as duas secretarias de Estado".

in: O Jogo

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Valores da UEFA para o futuro do futebol europeu


Michel Platini, Presidente da UEFA, apresentou 11 valores-chave, o número de jogadores de uma equipa de futebol, como base para as futuras actividades e diálogos do organismo a nível político, económico, social e desportivo.
Onze valores
Platini destacou os 11 valores num discurso aos representantes das 53 federações que compõem a UEFA, delegados da família do futebol mundial e convidados do XXXIII Congresso Ordinário da UEFA, realizado em Copenhaga, na Dinamarca, na quarta-feira.

Os valores da UEFA para o futuro do futebol europeu, apresentados por Platini, são os seguintes:

Futebol em primeiro lugar
Em tudo o que fazemos, o futebol deve vir sempre em primeiro lugar, e o elemento mais importante a ter em consideração. O futebol é um jogo, antes mesmo de ser um produto; um desporto, antes de ser um mercado; um espectáculo, antes de ser um negócio.
Estrutura piramidal e subsidiariedade
A nível internacional e europeu, a autonomia do desporto é reflectida pela estrutura piramidal do futebol. FIFA, UEFA e as federações nacionais trabalham de mãos dadas, enquanto respeitam o princípio de subsidiariedade. Isto permite-nos defender os interesses do futebol da melhor maneira possível.
Unidade e liderança
A UEFA não opera de forma autoritária. Vamos continuar a mostrar uma liderança forte, mas a operar segundo um princípio de consenso. Para além das federações nacionais, vamos envolver todos os intervenientes (ligas, clubes, jogadores) no processo de decisão do futebol europeu, em particular através do Conselho Estratégico para o Futebol Profissional, para que o Comité Executivo possa tomar as decisões certas. E temos como objectivo aprofundar a relação com os adeptos do futebol, sem os quais não haveria o jogo a nível profissional.
Boa governação e autonomia
A UEFA e as federações que dela fazem parte comprometem-se com a boa governação. Isso significa abertura, democracia, transparência e responsabilidade. Imbuída neste espírito, a UEFA defende a autonomia da estrutura do desporto, para que os órgãos que tutelam o futebol - com as federações nacionais à cabeça - sejam os elementos de decisão definitiva nos assuntos que dizem respeito à modalidade, sem que haja interferência excessiva dos governos.
Futebol de formação e solidariedade
O Futebol assenta na formação, jogado em toda a parte por homens e mulheres; rapazes e raparigas. O futebol profissional é só a ponta do icebergue. A UEFA vai continuar a ser solidária, cada vez mais, para proteger o futuro do futebol e transmitir os benefícios alargados que o nosso desporto traz à sociedade como um todo. E é também porque a força do futebol assenta na formação que temos de preservar as identidades locais, regionais e nacionais do jogo, sempre de acordo com a lei.
Protecção aos jovens e educação
Como órgão que gere o futebol europeu, a UEFA tem uma responsabilidade desportiva e moral. As transferências de jogadores menores acarretam inúmeros riscos. Não nos esqueçamos que jogadores menores de 18 anos são crianças ou adolescentes. Queremos proteger o futuro das crianças no futebol e impedi-las de serem levadas da sua pátria para outros países ainda muito novas.
Integridade desportiva e apostas
As apostas são uma fonte de financiamento, mas também um risco para o futebol, especialmente para a integridade das competições. É justo que o futebol obtenha a sua quota-parte de receitas provenientes das apostas. No entanto, a nossa atenção principal deve centrar-se no empenho total em proteger a integridade desportiva e a gestão adequada das nossas competições, de modo a preservar o verdadeiro espírito do jogo.
Equidade financeira e regularidade de competições
A UEFA apoia o "fair play" dentro e fora do terreno de jogo. A equidade financeira significa que os clubes operam de forma transparente e responsável, para proteger as competições desportivas e os próprios clubes. A equidade financeira serve para que os clubes não entrem numa espiral de dívidas de modo a poderem competir com os seus rivais, mas sim para que o façam com os seus próprios meios, isto é, de forma sustentável e com os recursos que geram.
Selecções e clubes
O futebol de selecções e de clubes são vitais e elementos complementares do futebol. A UEFA vai permanecer empenhada em assegurar que o equilíbrio é mantido, e se possível reforçado, já que o desenvolvimento do jogo a nível nacional, europeu e mundial depende disso.
Respeito
O respeito é um valor chave do futebol. Respeito pelo jogo, integridade, diversidade, dignidade, saúde dos jogadores, regras, árbitros, adversários e adeptos. A nossa mensagem é clara: tolerância zero para com o racismo, violência e doping. O futebol une as pessoas e ultrapassa as diferenças existentes. A cor da pele é invisível sob a camisola e, para a UEFA, vai ser sempre assim. O racismo e qualquer outra forma de discriminação nunca serão tolerados. A UEFA não vai pactuar com a violência, seja no campo ou nas bancadas. O futebol tem que dar o exemplo.
Modelo desportivo europeu e especificidade do desporto
A UEFA é um organismo europeu e permanece totalmente comprometida com o modelo desportivo europeu, que se caracteriza pela promoção e despromoção, o princípio da solidariedade, bem como das competições abertas e oportunidade para todos. É isto que o desporto - em especial o futebol - representa. Temos que proteger este modelo porque o desporto não é simplesmente um negócio como outro qualquer, e não podemos permitir que seja ameaçado. Vamos continuar a defender a especificidade do desporto e estamos convencidos que os nossos argumentos vão prevalecer, para bem do futebol.